Política Regional

Casagrande anuncia nomes para Comunicação, Casa Civil e Instituto Jones

COMPARTILHE
Divulgação Assessoria
461

O governador eleito, Renato Casagrande, anunciou na tarde desta quinta-feira (8) mais três nomes que irão compor sua equipe de governo. A jornalista Flávia Mignoni irá conduzir a Superintendência de Comunicação. Davi Diniz, atual secretário da Fazenda da Prefeitura de Vitória, assume a Casa Civil e Luiz Paulo Vellozo Lucas estará na direção geral do Instituto Jones dos Santos Neves.

Alívio para Casagrande! Bolsonaro sugere pacto, independente de partido

Nesta quarta-feira (14), em seu primeiro encontro com os governadores eleitos e reeleitos em...

Ex-prefeito de Conceição do Castelo é absolvido de condenação por improbidade

Nesta quarta-feira (14), o vice-prefeito de Conceição do Castelo, Odael Spadeto, popularmente conhecido como...

Casagrande anuncia secretários de Segurança, Educação e Governo

O governador eleito, Renato Casagrande, anunciou na tarde desta terça-feira (13), durante coletiva à...

Segundo Casagrande, o secretário Davi Diniz assume uma secretaria importante para a comunicação com a sociedade. “É uma secretaria que comunica para fora, através dos movimentos da sociedade. Ter boa relação com a Assembleia Legislativa é fundamental para a estabilidade e governabilidade do governo”.

Sobre a secretaria de Comunicação, Casagrande destacou a importância da pasta para a divulgação dos atos do governo. “Flavia terá a tarefa de modernizar essa comunicação, atuando não só junto aos veículos tradicionais, mas fortalecendo o contato mais direto com os capixabas, por meio das novas mídias. A idéia é fazer uma plataforma multimídia de comunicação, que englobará o sistema RTV e o DIO. Teremos uma estrutura única gerenciando a comunicação do governo”, disse.

Continua depois da publicidade

Para a presidência do Instituto Jones, Casagrande destacou que Luiz Paulo tem muita experiência na área de gestão. “Ele é um formulador de políticas públicas. E o Instituto tem esse papel, além de fazer diagnósticos, projeções e levantar temas importantes para o debate. O Instituto precisa ser mais dinâmico, vivo, produzindo políticas públicas para a sociedade capixaba”, disse.

Saiba mais:

Davi Diniz de Carvalho, 38 anos, é casado e tem dois filhos. Formado em Geografia e Administração. Pós-graduado em Gestão Pública e Contábil. Servidor de carreira do Governo do Estado, na Secretaria de Estado de Gestão e Recursos Humanos, no cargo de Especialista em Políticas Públicas e Gestão Governamental. Na primeira gestão Casagrande, foi presidente do Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal – IDAF e Secretário de Economia e Planejamento. Em 2015 foi secretário de Administração da Prefeitura de Vitória. Ainda em 2015 assumiu o cargo de secretário da Fazenda, que ocupa até a presente data.

Flavia Mignoni, 55 anos, mãe de duas filhas. Formada em Jornalismo pela Universidade Federal do Espírito Santo. Pós-graduada em Comunicação Organizacional. Foi repórter de política dos jornais A Gazeta e A Tribuna por mais de 20 anos. Atuou em diversas campanhas políticas para prefeitos, deputados, senadores e governadores. Na primeira gestão Casagrande, foi superintendente de Comunicação.

Luiz Paulo Vellozo Lucas, 61 anos, casado e tem três filhos. Formado em Engenharia de Produção pela Universidade Federal do Rio de Janeiro e com pós-graduação em desenvolvimento econômico e em economia industrial. Foi Professor da PUC –RJ e da FDV.  Foi Engenheiro do BNDES e prefeito de Vitória de 1997 a 2005. Em 2006 foi eleito deputado federal. Em 2017 foi secretário nacional de Desenvolvimento Urbano do Ministério das Cidades.

Publicidade