Esporte Nacional

Allegri elogia Higuaín antes de reencontro: 'Um dos melhores atacantes do mundo'

COMPARTILHE
5

O técnico Massimiliano Allegri comentou o reencontro dele e da Juventus com o atacante Gonzalo Higuaín, que defendeu o clube durante duas temporadas entre 2016 e 2018. O argentino ficaria sem espaço no time titular por causa da contratação de Cristiano Ronaldo, por isso foi emprestado para o Milan, que vai receber a atual heptacampeã do Campeonato Italiano, às 17h30 deste domingo, no San Siro, em Milão.

'Se eleito, renovo com a Crefisa por mais 3 anos', diz presidente do Palmeiras

O presidente do Palmeiras, Maurício Galiotte, tem duas definições importantes nas próximas semanas. O...

Sport e Vitória empatam sem gols e continuam ameaçados pelo rebaixamento

O Sport desperdiçou uma boa chance de somar pontos na sua luta contra o...

Corinthians perde para o Cruzeiro e pressão do rebaixamento aumenta

O Corinthians fez mais uma apresentação para ser esquecida, perdeu para o time misto...

“Ele deu tanto à Juventus, foi decisivo. Será agradável vê-lo novamente. Foi uma grande contratação do Milan, porque Gonzalo é um dos melhores atacantes do mundo”, elogiou o técnico em coletiva de imprensa neste sábado.

O comandante da Juventus também vai se reencontrar com Gattuso, treinador o Milan e que foi dirigido por Allegri entre 2010 e 2012. Juntos, a dupla conquistou o último título do Campeonato Italiano vencido pelo clube de Milão, na temporada 2010-2011.

Continua depois da publicidade

“Gattuso é um garoto espetacular, melhorou muito dentro e fora de campo. É uma pessoa genuína e transmite os valores que estão no DNA do Milan. É um dos melhores técnicos jovens do mundo”, afirmou Allegri.

A Juventus lidera o Campeonato Italiano após 11 rodadas, com 31 pontos – contra 21 do Milan, quarto colocado -, mas a equipe de Turim vem de derrota na Liga dos Campeões da Europa. Em casa, com dois gols sofridos depois dos 40 minutos do segundo tempo, o time dirigido por Allegri perdeu por 2 a 1 para o Manchester United, na última quarta-feira.

“Todos ficamos tristes, não perdíamos desde abril. Fizemos um bom jogo, mas perdemos e isso me aborrece, porque as pessoas não se lembram de boas partidas, mas de vitórias. Só erramos por não controlar a velocidade do jogo depois de sofrer o empate. Fomos pegos pela emoção, porque o empate parecia injusto, mas temos de ser lúcidos na Liga dos Campeões. Quando não podemos vencer, que pelo menos nós não sejamos derrotados. Sem o revés, nosso primeiro lugar ao fim da chave estaria praticamente certo. Mas, às vezes, é preciso dar um passo atrás para dar dois à frente”, filosofou Allegri.

Apesar da derrota, a Juventus lidera o Grupo H da Liga dos Campeões, com nove pontos em quatro jogos, contra sete do Manchester United, cinco do Valencia e um do Young Boys.

Estadao Conteudo
Copyright © 2018 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Publicidade