Política Nacional

Funcionários de estatal protestam em frente a condomínio de Bolsonaro

COMPARTILHE
14

Dezoito funcionários da Central de Armazenagem e Distribuição de Insumos Estratégicos para a Saúde (Cenadi), ligada ao Ministério da Saúde, faziam na tarde desta sexta-feira, 9, um protesto na calçada em frente ao condomínio em que mora o presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), na Barra da Tijuca (zona oeste do Rio).

PT entra com ação para anular exoneração de Moro do cargo de juiz

O deputado Paulo Pimenta (PT-RS), líder do Partido dos Trabalhadores (PT) na Câmara, protocolou...

Defesa de Bolsonaro contesta 'falhas' apontadas pelo TSE e pede contas aprovadas

A defesa do presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL-RJ), entregou na tarde desta sexta-feira, 16,...

Temer diz que reajuste do STF não pode trazer 'agravo econômico' para o País

O presidente Michel Temer encerrou nesta sexta-feira, 16, uma rápida passagem de 24 horas...

Eles pediam a Bolsonaro que impeça a transferência da empresa do Rio de Janeiro para São Paulo, como é cogitado atualmente. A empresa de logística é responsável pela distribuição de vacinas, medicamentos e insumos para os municípios brasileiros.

Com cartazes e apitos, o grupo tentava sensibilizar Bolsonaro, que se deparou com o grupo ao voltar de uma agência bancária, na tarde desta sexta-feira. Até as 16h45, ele não havia se manifestado sobre o episódio.

Continua depois da publicidade

Fábio Grellet
Estadao Conteudo
Copyright © 2018 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Publicidade