Segurança

Polícia indicia casal por suspeita de matar nora

COMPARTILHE
Reprodução
639
Reprodução

A Polícia Civil indiciou na quinta-feira (8), os sogros de Márcia Martins Miranda, de 41 anos, por homicídio qualificado, sequestro e ocultação de cadáver no interior de um imóvel no bairro do Rio Pequeno, zona oeste de São Paulo.

Perseguição a criminosos termina em acidente e deixa feridos em Cachoeiro

Uma perseguição policial a criminosos na tarde de hoje (16) terminou em acidente próximo...

Brasil concentrou 40% dos feminicídios da América Latina em 2017

A cada dez feminicídios cometidos em 23 países da América Latina e Caribe em...

Adolescente de 14 anos é apreendido com drogas na operação Proclamação da República em Cachoeiro

A Polícia Militar apreendeu drogas e deteve três pessoas durante a operação "Proclamação da República",...

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP), o Departamento Estadual de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP), solicitou a prorrogação de prisão temporária de ambos, por mais 30 dias.

A polícia também aguarda a conclusão do laudo necroscópico para atestar a causa da morte da vítima.

Continua depois da publicidade

Segundo a polícia, a principal suspeita é que sogros, Fernando Antonio Martins de Oliveira, de 64 anos e Maria Izilda Miranda, de 61 anos, teriam cometido o crime porque queriam a guarda dos dois netos, um menino de 4 anos e uma menina de 9 meses.

Márcia era coordenadora do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas) do Butantã e desapareceu no dia 2 de outubro perto da Avenida Corifeu de Azevedo Marques, após sair de casa para ir ao trabalho.

Na segunda-feira,5, a polícia localizou um corpo dentro de uma casa, no bairro Rio Pequeno, que havia sido alugada pelos sogros da assistente social.

Na quarta-feira, 7, após exames e confrontos de digitais, a SSP confirmou que o corpo encontrado era mesmo de Márcia.

Ana Paula Niederauer
Estadao Conteudo
Copyright © 2018 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Publicidade