Economia

Bolsonaro nega autoria de proposta de 40 anos de contribuição e alíquota maior

COMPARTILHE
15

O presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), negou nesta sexta-feira, 9, pelo Twitter que sejam de autoria da equipe econômica dele as propostas de reforma da Previdência que sugerem 40 anos de contribuição para aposentadoria integral e alíquota previdenciária complementar de até 22% para servidores públicos federais.

China promete oferecer 'canal verde' para investimento estrangeiro

O principal órgão de planejamento econômico da China afirmou nesta terça-feira que o governo...

Tribunal em Tóquio rejeita segundo pedido de Carlos Ghosn por fiança

Um tribunal em Tóquio rejeitou pela segunda vez, nesta terça-feira, 22, um pedido do...

Ibovespa encerra em leve baixa de 0,09%, mas defende os 96.009,77 pontos

Influenciado pelo mau humor dos investidores no exterior, que monitoram de perto o ritmo...

“As propostas de reforma da Previdência divulgadas pela imprensa, sugerindo 40 anos de contribuição para aposentadoria integral e 22% de alíquota de INSS, não são de nossa autoria como tentam atribuir falsamente”, escreveu o presidente eleito.

Equipe AE
Estadao Conteudo
Copyright © 2018 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Continua depois da publicidade