Segurança

Três trabalhadores morrem em explosão em indústria

COMPARTILHE
Divulgaçao
1371

Pelo menos três trabalhadores morreram hoje (9) devido a uma explosão numa indústria química de Charqueada, a 50 quilômetros de Piracicaba, no interior de São Paulo.

Mesmo baleado, homem desfere golpes de facão contra atirador em acampamento "Sem Terra" em Presidente Kennedy

Um homem foi alvo de uma tentativa de homicídio nessa quinta-feira (18) no agrupamento...

Confira os horários de atendimento da Polícia Civil durante o feriado desta sexta

As unidades da Polícia Civil funcionarão em horários diferenciados em razão do feriado desta...

PM apreende meio quilo de maconha com jovens em Iúna

Após denúncia anônima, a Polícia Militar apreendeu meio quilo de maconha em posse de...

Segundo o Corpo de Bombeiros de São Paulo, a explosão ocorreu perto das 9 horas, em um reator da indústria de produtos químicos Biocapital, perto da Rodovia Hermínio Petrim.

Cinco viaturas dos Bombeiros foram deslocadas para atender a ocorrência e, embora o fogo já tenha sido apagado, continuam no local.

Continua depois da publicidade

Equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) de Piracicaba também foram acionadas para ajudar no atendimento às vítimas. A Guarda Civil de Charqueada confirmou o número de mortos.

A secretária de Governo de Charqueada, Valkiria Callovi, disse que o acidente causou uma grande confusão, com informações iniciais desencontradas, mas que todas as providências de segurança foram acionadas rapidamente.

“A própria brigada de incêndio da empresa conseguiu controlar a situação. Enviamos um caminhão-pipa para o local, mas, quando o veículo chegou, junto com as viaturas do Corpo de Bombeiros, já não havia fogo”, disse a secretária.

Acrescentou que a prefeitura aguarda por mais informações da Polícia Militar e dos técnicos da Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb) que estão vistoriando o local.

Explosão foi forte

Empregado da fábrica, o vereador Naldo Davanzo (PTB) estava trabalhando em um dos laboratórios quando ouviu uma explosão muito forte.

“O plano de emergência foi acionado e fomos orientados a deixar o local. Nos dirigimos todos à portaria. Não cheguei a ver colegas mortos ou feridos, mas, depois, funcionários de outros setores falavam em três mortos”, disse Davanzo, classificando o acidente como uma fatalidade.

“A segurança no local é total. Há muitos cuidados para evitar que isso aconteça”, disse o vereador.

A secretária municipal Valkiria Callovi afirmou que, além da informação das três mortes, recebeu relatos extraoficiais de que pelo menos um trabalhador foi ferido por estilhaços da explosão, mas sem gravidade. Atendido por equipes médicas, ele foi levado a um hospital municipal e passa bem.

Como parte dos funcionários foi dispensada e as autoridades continuam inspecionando o local, nenhum representante da Biocapital atendeu aos telefonemas da Agência Brasil.

Publicidade