Outubro Rosa

Hospital Evangélico vai oferecer 150 mamografias em Cachoeiro

COMPARTILHE
Divulgação Heci
419

Neste mês de outubro, o Hospital Evangélico de Cachoeiro de Itapemirim (HECI) e o Grupo de Apoio aos Portadores de Câncer de Cachoeiro de Itapemirim (GAPCCI) se pintam de rosa para discutir e alertar as mulheres sobre a importância do diagnóstico precoce para detectar  o câncer de mama.

Cachoeiro terá aulão de zumba nesta quinta (25)

Nesta quinta-feira (25) acontece o aulão de zumba alusivo à campanha Outubro Rosa, de...

Agendamento de serviços no Centro de Saúde de Cachoeiro é iniciado

Começou na tarde desta segunda-feira (8) o período de agendamento de serviços que serão...

Mais de 1.100 novos casos de câncer de mama devem surgir em 2018 no ES

A cor rosa estará em destaque neste mês de outubro, período no qual acontece...

É campanha Outubro Rosa, que todos os anos promove eventos para chamar a atenção da população para a causa desse tipo de patologia, que é o segundo mais incidente em mulheres em todo o país. “O autoexame é importante, mas ele não detecta tumores pequenos. Geralmente a mulher quando o sente, ele já está com cerca de dois centímetros. A mamografia consegue detectar tumores milimétricos possibilitando um tratamento mais curto e com maiores chances de cura,” explica a médica oncologista do Heci, Sabina Aleixo.

O Hospital Evangélico tem atualmente registrado 1.300 casos de tratamento de câncer por mês. Desses, 665 são mulheres com câncer de mama, sendo 82 paliativos e 583 com intenção de cura (já incluído o tratamento hormonal e não somente a quimioterapia). Do total de novos casos diagnosticados mensalmente no setor de Oncologia do Hospital Evangélico, 10 a 15 são de câncer de mama.

Continua depois da publicidade

A Campanha

A programação do “Outubro Rosa” oficialmente começa nesta sexta-feira (5) com o lançamento do Projeto “Estrelas do GAPCCI” que reúne nove profissionais da fotografia numa grande exposição de fotos de nossas pacientes. No dia 11 haverá a tradicional Caminhada Outubro Rosa, saindo às 8 h da Praça de Fátima, pintando o centro da cidade de rosa, como todos os anos.

No dia 18, a organização promove uma capacitação com o tema “Prevenção e manejo do paciente oncológico na APS”. Será no Hotel Bristol e as vagas são limitadas. As inscrições podem ser feitas através do e-mail [email protected]

Já no dia 27 haverá o II Simpósio de Fisioterapia, discutindo o tema “Aprimorando o atendimento fitoterápico de câncer de mama”. As Inscrições podem ser feitas pelo site www.even3.com.br/sfheci.

E fechando o mês, no dia 31 haverá a grande ação social com a triagem e liberação de 150 exames de mamografia, que é o melhor método de diagnóstico precoce do câncer de mama. Terão direito à mamografia mulheres acima de 50 anos de idade. No dia da Ação Social elas passarão por uma triagem e, se se encaixarem nos quesitos, sairão com a mamografia agendada. Além do agendamento haverá vários atendimentos voltados para as mulheres.

Mamografia

Consiste em uma radiografia da mama, que permite a detecção precoce do câncer, por ser capaz de mostrar lesões em fase inicial. Normalmente, faz-se duas ou mais radiografias de cada mama, que é comprimida no aparelho para que fique com uma espessura mais uniforme, facilitando o diagnóstico. Não é recomendado realizar este exame no período menstrual. O Ministério da Saúde orienta às mulheres com mais de 50 anos realizarem uma mamografia a cada dois anos. Porém, o médico tem autonomia para solicitar o exame quando achar necessário.

Publicidade