Economia

McDonald'S diz que vai recorrer de multa de órgão de defesa do consumidor

COMPARTILHE
14

Após punição pelo Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor (DPDC), por “prática ilícita cometida, consistente na publicidade abusiva direcionada ao público infantil, por meio dos shows do Ronald McDonald em escolas”, o McDonald’s esclarece que já não promove shows em escolas há mais de um ano.

Trabuco: expectativa é de retomada do crédito para recomposição da indústria

O presidente do conselho de administração do Bradesco, Luiz Carlos Trabuco, afirmou que a...

Salários no Reino Unido avançam no ritmo mais forte em uma década

Os salários pagos aos trabalhadores no Reino Unido avançaram ao ritmo mais forte em...

Trabuco, sobre Caixa e BB: 'Sempre estaremos dispostos a olhar'

O presidente do conselho de administração do Bradesco, Luiz Carlos Trabuco, afirmou que o...

“Quando isso era feito, os shows eram realizados mediante solicitação, por escrito, da direção da entidade, sendo o roteiro previamente discutido com os educadores e a direção desses estabelecimentos, a fim de se adequarem aos interesses daquela comunidade específica’, diz a empresa em nota.

O McDonald’s esclarece ainda que “os shows apresentavam temas como educação, meio ambiente, ciência, cultura e prática de esportes e não promoviam, de qualquer forma, os alimentos ou produtos vendidos nos restaurantes”. Segundo a empresa essa era uma atividade de responsabilidade social do McDonald’s que não visava estimular nenhuma atividade comercial da companhia. “Somos uma empresa comprometida com ações de responsabilidade social e com o bem-estar infantil, promovendo esportes, bons hábitos de higiene e cuidados com o meio ambiente”, diz a nota.

Continua depois da publicidade

O DPDC multou em R$ 6 milhões a empresa Arcos Dourados Comércio de Alimentos (McDonald’s). A empresa informa que vai recorrer da decisão do DPDC.

Estadao Conteudo
Copyright © 2018 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Publicidade