Economia

McDonald'S diz que vai recorrer de multa de órgão de defesa do consumidor

COMPARTILHE
17

Após punição pelo Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor (DPDC), por “prática ilícita cometida, consistente na publicidade abusiva direcionada ao público infantil, por meio dos shows do Ronald McDonald em escolas”, o McDonald’s esclarece que já não promove shows em escolas há mais de um ano.

'Espinha dorsal da reforma tem de ficar', diz Marinho

Um dos articuladores da reforma da Previdência, o secretário especial de Previdência e Trabalho,...

Proposta para militares deve chegar ao Congresso antes do prazo, diz Marinho

O projeto que muda as regras de inatividade dos militares das Forças Armadas pode...

Oposição venezuelana se prepara para entrega de ajuda humanitária

Líderes da oposição venezuelana se preparam para a entrega de ajuda humanitária à população....

“Quando isso era feito, os shows eram realizados mediante solicitação, por escrito, da direção da entidade, sendo o roteiro previamente discutido com os educadores e a direção desses estabelecimentos, a fim de se adequarem aos interesses daquela comunidade específica’, diz a empresa em nota.

O McDonald’s esclarece ainda que “os shows apresentavam temas como educação, meio ambiente, ciência, cultura e prática de esportes e não promoviam, de qualquer forma, os alimentos ou produtos vendidos nos restaurantes”. Segundo a empresa essa era uma atividade de responsabilidade social do McDonald’s que não visava estimular nenhuma atividade comercial da companhia. “Somos uma empresa comprometida com ações de responsabilidade social e com o bem-estar infantil, promovendo esportes, bons hábitos de higiene e cuidados com o meio ambiente”, diz a nota.

Continua depois da publicidade

O DPDC multou em R$ 6 milhões a empresa Arcos Dourados Comércio de Alimentos (McDonald’s). A empresa informa que vai recorrer da decisão do DPDC.

Estadao Conteudo
Copyright © 2018 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Publicidade