Política Regional

Com placar apertado, Alexon é eleito presidente da Câmara de Cachoeiro

COMPARTILHE
Foto: Wanderson Amorim
927
Advertisement
Advertisement

O vereador Alexon Cipriano (Pros), num placar apertado, foi eleito presidente da Câmara de Cachoeiro de Itapemirim, na tarde desta terça-feira (4), para o biênio 2019/2020.
Na disputa pela Mesa Diretora estavam Brás Zagotto (SD), que obteve nove votos, e Alexon, que conseguiu a maioria simples, dez votos.

Continua depois da publicidade

Os vereadores Alexandre de Itaoca (PR), Renata Fiorio (PSD) e Elio Carlos Miranda ((PDT) desistiram da disputa. Os dois últimos disseram que a desistência foi motivada pela força de apoio que Brás conseguiu com vários partidos e que resolveram aderir ao movimento pró Zagotto.

Na justificativa de voto alguns vereadores, da base de apoio a Brás, afirmaram que houve interferência do Executivo nas eleições.

Antônio Geraldo (PP) criticou o Partido Verde dizendo que a sigla não cumpriu com a palavra de apoio a Zagotto. “Na sexta-feira passada deram como certo o apoio ao Brás Zagoto e hoje simplesmente mudaram o voto”, disse.

Continua depois da publicidade

Edison Fassarela (PV) esclareceu que sua sigla mudou a postura pelo fato de Ely Escarpini (PV) ter decidido entrar como candidato a vice-presidente na chapa de Alexon.
Alexon afirma que entre seus desafios como presidente da Casa está a melhoria da estrutura do Parlamento garantindo acessibilidade.

“Sabemos como essa Casa tem um papel importante na vida da cidade. Sabemos que as leis que são aprovadas tudo, que são encaminhadas ao Legislativo refletem no dia a dia da nossa população. A nossa proposta principal vai ser verificar toda a estrutura da Câmara de forma que ela possa estar sendo melhorada para dar um melhor atendimento à população e também aos vereadores e aos nossos servidores, para que ela possa produzir ainda mais benefícios para o cidadão fazendo que o mandato dos meus pares tenha mais visibilidade”, afirmou Cipriano.

Sobre críticas de interferência na eleição por parte do Executivo, o novo presidente esclarece que o Legislativo fará um trabalho independente, mas harmônico entre o dois poderes.
“O Poder Legislativo, segundo o que é descrito pela Constituição Estadual, Federal pela Lei Orgânica do Município, é um poder independente, mas que também deve trabalhar com harmonia. Na nossa legislatura estaremos no diálogo permanente propondo aquilo que precisa ser alterado, discutindo aquilo que o Executivo encaminha para cá, para que de fato a gente possa ter dias melhores na cidade para nossa população”, comenta o vereador.

Advertisement
Continua depois da publicidade

Membros da Mesa
Alexon Cipriano (Pros) – Presidente
Ely Escarpini (PV) – Vice-Presidente
Elio Carlos (PDT) – 1º Secretário
Silvio Coelho (PRP) – 2º Secretátrio

Advertisement

O conteúdo do AQUINOTICIAS.COM é protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não é permitida a sua reprodução total ou parcial sob pena de responder judicialmente nas formas da lei. Em caso de dúvidas, entre em contato: [email protected].