Segurança

Polícia encontra corpo de homem dentro de geladeira

COMPARTILHE
Foto: redes sociais
2348

O corpo de um homem foi encontrado dentro de uma geladeira por volta das 22h30 do domingo, dia 16, em uma residência em Pirituba, bairro da zona norte da capital paulista.

Polícia divulga nome de atirador que matou quatro na Catedral de Campinas

O atirador que entrou na Catedral Metropolitana de Campinas, no interior paulista, e atirou...

Operação Natal: PM reforça atuação nas ruas de Cachoeiro, Castelo e Vargem Alta

O 9º Batalhão da Polícia Militar em Cachoeiro de Itapemirim deu início a Operação...

MP de Goiás recebe 78 denúncias de mulheres contra João de Deus

O número de denúncias contra o médium João de Deus registradas no Ministério Público...

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP), policiais militares foram acionados e, ao chegarem ao local, encontraram roupas espalhadas, duas tesouras, uma espátula e uma marreta com vestígios de sangue.

Os PMs seguiram as marcas de sangue que estavam no chão e encontraram uma geladeira desligada tombada na horizontal com uma peça de mármore em cima e um cobertor ao lado. Ao abrirem, se depararam com um corpo dobrado em estado avançado de decomposição.

Continua depois da publicidade

De acordo com a polícia, o proprietário da casa afirmou que seu filho morava no local. Ele disse que chamou a PM depois de ter, junto com vizinhos, entrado no local por meio de uma escada. Eles conseguiram destravar o portão e se depararam com a poça de sangue. Devido o estado de decomposição, o proprietário da casa não conseguiu reconhecer se o corpo era realmente seu filho.

Mas uma mulher, moradora do bairro, cujo filho estava desaparecido, identificou o corpo como sendo do filho dela, Cristiano Aparecido Barbalho, de 41 anos.  A identificação foi confirmada pela perícia, que encontrou  o RG no bolso da vítima.

Agora, Os investigadores procuram agora o morador da casa, Murilo Cavalcante Fernandes, que é considerado o principal suspeito pelo crime.

 

A Polícia instaurou inquérito policial para investigar o crime. O caso foi registrado como homicídio no 33º DP.

Com informações de Ana Paula Niederauer
Estadao Conteudo
Copyright © 2018 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Publicidade