Cidades

Verão sem faltar água em Itaipava

COMPARTILHE
Foto: Marcos Kito
133

Moradores do distrito de Itaipava já estão recebendo água tratada captada a partir do rio Novo, no Vale do Orobó. Isso foi possível devido a cooperação técnica da Prefeitura Municipal de Itapemirim e o SAAE. Agora, além de um produto de melhor qualidade, o custo ficou menor. Antes, a captação era realizada na lagoa Guanandy.

Domingos Martins: quase 20 mil fatias de torta serão servidas na Festa do Morango

Em uma festa que terá duas tortas gigantes de morango e cerca de mil...

Confira as vagas de emprego disponíveis no Sine de Cachoeiro nesta terça (23)

O Sine de Cachoeiro de Itapemirim esta com sete vagas de emprego em aberto...

Prefeitura se mobiliza para instalação de campus do Ifes em Presidente Kennedy

O prefeito de Presidente Kennedy, Dorlei Fontão, esteve reunido com os secretários municipais das...

O rio Novo possui maior capacidade de fornecimento. Esse era um anseio antigo da população frequentemente afetada com a falta de água por conta de períodos de seca e superlotação do balneário. Moradores de Itaipava, Itaoca, Gomes, Muritioca, Bela Vista e Joacima já estão percebendo a diferença no padrão de qualidade da água que recebem em suas residências.

O diretor-geral do SAAE, Marco Antônio de Souza, declarou: “Esperamos ansiosamente por este momento. Sem dúvidas, esse foi o maior presente que o município de Itapemirim poderia oferecer aos munícipes e turistas. Aproveitar o ensejo para agradecer também aos servidores do SAAE, que trabalharam duro para a concretização desse sonho”.

Continua depois da publicidade

Lagoa Guanandy

A vitória também é do Meio Ambiente, tendo em vista que o SAAE deixará de retirar, em média, 4.000.000 (quatro milhões) de litros de água por dia da Lagoa Guanandy, dessa forma, contribuirá significativamente para a sua recuperação. A Lagoa, que sem dúvida é um dos cartões postais mais lindos do município, durante cerca de 40 anos foi importantíssima ao atender a população do distrito praiano, mesmo nos piores momentos da crise hídrica.

Segundo o prefeito de Itapemirim, Dr. Thiago, essa é mais uma importante conquista que a população do município está tendo. “Estamos realizando o sonho de nosso povo, que era poder consumir uma água potável sem trazer prejuízo ao meio ambiente, consequentemente protegendo nossa querida Lagoa de Guanandy, que sofreu nestes últimos anos com a retirada de água e com a seca. Estamos determinados a deixar para nossos filhos uma lagoa de qualidade e preservada. Essa é mais uma importante conquista de nossa população”. Afirmou Thiago.

Com o novo sistema de bombeamento já em operação, o verão terá outra realidade no abastecimento de água, posto que, a capacidade de tratamento de água foi ampliada. Enquanto que com a água da lagoa era atingida uma vazão máxima de 90 litros por segundo, agora, com a água do Rio Novo, alcança-se uma vazão máxima de 120 litros por segundo.

 

Publicidade