Segurança

Enfermeira morre após carro cair em rio em Alegre

COMPARTILHE
3708

A enfermeira do Instituto Federal do Espírito Santo (IFES), Joelma de Fátima Merson Azevedo, 41 anos, morreu em acidente de carro no início da noite desta quarta-feira (8), na BR 482, em Alegre.

Polícia Militar é recebida a tiros em bairro de Cachoeiro

A Polícia Militar foi recebida a tiros na tarde de ontem (18) no bairro...

Motorista fica preso às ferragens após colidir com caminhão na BR-482

  Uma colisão entre um automóvel e um caminhão deixou um homem preso às ferragens...

Penas de acusados de matar professora em Cachoeiro somam 57 anos

Dois dos quatros suspeitos de assassinar a professora aposentada Anna Gava, 77 anos, do...

De acordo com a Polícia Militar, por volta das 18h40, Joelma teria perdido o controle da direção de seu veículo modelo Prisma e caiu no rio com as rodas para cima. A enfermeira chegou a ser socorrida por populares e encaminhada para o Pronto Socorro da cidade, mas não resistiu aos ferimentos.

A perícia técnica da Polícia Civil removeu o corpo de Joelma para o Serviço Médico Legal (SML) de Cachoeiro de Itapemirim.

Continua depois da publicidade

Velório

O corpo de Joelma está sendo velado em Rive o sepultamento será às 17 horas, na Sede, em Alegre.

Ifes

As aulas do Campus do Ifes de Alegre, onde Joelma era servidora, foram suspensas por dois dias em sinal de pesar. Em nota, o Instituto diz “a morte da servidora, ocorrida nesta quarta feira (8/8), deixa toda a comunidade acadêmica do Ifes abalada e consternada. O Campus vem prestando assistência à família e, neste momento de dor, reitera solidariedade com todos que a conheciam”.
Luto

O Conselho Regional de Enfermagem do Espírito Santo emitiu nota de pesar nesta quinta-feira.

Confira na íntegra:

“Joelma era enfermeira do Instituto Federal do Espírito Santo (Ifes), que suspendeu as aulas de hoje (9) à noite em razão do abalo emocional provocado pela trágica notícia. A enfermagem e toda a comunidade de Alegre estão desoladas com a perda dessa profissional exemplar e ser humano admirável.

O Coren-ES se solidariza com a família, amigos e colegas da enfermeira Joelma neste momento de dor, desejando que sua trajetória de dignidade, humanidade e competência ajude a confortar o coração de todos”.

Publicidade