Eleições 2018

Candidato ao Governo, Manato terá esposa disputando Câmara Federal

COMPARTILHE
2802

Elevado a candidato ao Governo do Estado, o deputado federal Carlos Manato (PSL) pretende deixar seu legado político, de quatro mandatos consecutivos na Câmara Federal, para sua esposa, Drª. Soraya Manato (PSL).

Para analistas, combate a fake news vai além da eleição

As eleições deste ano foram marcadas por desinformação, em grande parte impulsionada nas redes...

Prazo para justificar ausência no segundo turno vai até 27 de dezembro

/ com informações Agência Brasil   Os eleitores que não compareceram ao local de votação neste...

Prazo para justificar ausência no segundo turno vai até 27 de dezembro

Os eleitores que não compareceram ao local de votação neste domingo (28) e não...

Eleito em 2002 pela primeira vez, Manato é natural de Alegre, mas tem sua carreira profissional ligada à Grande Vitória. Médico, assim como sua esposa, ele acredita que Drª. Soraya pode dar uma boa contribuição na área de saúde, devido à experiência profissional.

“Ela nunca atuou na política, mas tem 33 anos na profissão, como ginecologista/obstetra. Conhece muito do setor de saúde, assim como as carências que atingem os hospitais capixabas, principalmente da região Sul, onde tenho um trabalho importante como deputado. Tenho certeza que irá continuar defendendo nossas bandeiras e lutando por investimento para esses lugares”, disse Manato. 

Continua depois da publicidade

Ela já seria candidata 

No entanto, o candidato ressalta que a entrada dela não aconteceu devido ao fato de sua candidatura ter avançado para o Governo. Apesar da expectativa de virar uma herdeira natural dos votos do marido, Drª. Soraya já estava no pleito por uma necessidade partidária.

“A candidatura dela já estava posta há uma semana antes da nossa decisão de concorrer. Era uma necessidade partidária, devido a questão de preenchimento de vagas para mulheres, e o PSL estava sozinho. Uniram-se a nós o PR e o PRB, mas não havia mais motivos para retirá-la da disputa, ainda mais agora que as pessoas receberam tão bem o nome dela”.

Tratamento Igual aos candidatos

Experiente na política, Manato faz questão de destacar que o seu apoio aos demais candidatos da coligação será de igualdade, mas reconhece que a proximidade dele com a candidata é uma questão natural.

“Ela deve ser sim um pouco beneficiada, não vou ser hipócrita. Mas transferência de votos não é automática, e mesmo que eu pudesse cuidar da campanha dela diretamente, não haveria essa garantia. Tenho uma candidatura a governador, difícil. Preciso de todos da coligação com a mesma força. O tratamento será igual”, garantiu.

 

 

 

 

  

Publicidade