Cidades

Abandonado há 17 anos, finalmente Estádio do Muniz Freire será reformado

COMPARTILHE
Foto/reprodução
819
Advertisement
Advertisement

Após 17 anos, o município de Muniz Freire conseguiu ontem (22) uma liminar autorizando o uso de R$150 mil depositados na Caixa Econômica Federal, na reforma do Estádio José Ibrahim Nicolau, de propriedade do Muniz Freire Futebol Clube. Em funcionamento pleno, o estádio já chegou a ter capacidade para mais de duas mil pessoas.

Continua depois da publicidade

De acordo com o prefeito da cidade, Carlos Brahim Bazzarella, que usou as redes sociais para dar a boa notícia aos moradores da cidade, há cerca de 20 anos, o estádio iria a leilão por causa de dívidas referentes a recolhimento de INSS, mas a prefeitura assumiu a dívida evitando que o município perdesse o estádio. “Entretanto, houve um impasse e resistência por parte da diretoria que, diga-se de passagem, impedia a reforma pelo município e também nada fazia, deixando o estádio e arquibancada chegarem ao estado que chegou, um matagal”, escreveu o prefeito no post.

Como a legislação prevê que recursos públicos não podem ser aplicados em terrenos com título de propriedade particular, o município vinha tentando assumir o estádio, o que finalmente aconteceu.

“Trata-se de Ação de usucapião ordinário c/c com pedido de tutela provisória de urgência de natureza antecipada com pedido de liminar, proposta pelo município de Muniz Freire/ES, em face da Muniz Freire Futebol Clube, todos já qualificados nos autos em epígrafe, postulando liminarmente, e antecipação dos efeitos da tutela, para que seja autorizada e realização das obras de reforma do Estádio Municipal José Ibrahim Nicolau que necessita das referidas obras”, diz um trecho da liminar concedida pelo   juiz da Comarca de Muniz Freire, Marcos de Souza.

Continua depois da publicidade

Com a decisão favorável, ontem mesmo a Secretaria de Esportes começou a roçagem e limpeza do gramado e da arquibancada. Segundo a prefeitura, o processo de licitação para a reforma completa do estádio será reiniciado e as obras devem começar após as eleições, conforme determina a legislação eleitoral.

” Não é vitória minha, nem da equipe jurídica da prefeitura. É de todos. Não há vencidos e nem vencedores. Contamos com todos, inclusive da diretoria, para soerguermos nosso estádio e voltarmos a ter aquelas memoráveis tardes de domingo”, finalizou o prefeito.

Campeão capixaba

Advertisement
Continua depois da publicidade

A última participação do time profissional do Muniz Freire no Capixabão foi em 1997. Seis anos antes, em 1991, o time munizfreirense, então comandado pelo técnico Marcos Magalhães, conquistou o título de campeão vencendo a Desportiva Ferroviária. Foram dois jogos. No primeiro, jogando no estádio hoje abandonado, Muniz Freire venceu a “Tiva” por 1 a 0. No jogo seguinte, no engenheiro Araripe, o empate de 1 a 1 garantiu a taça ao time do Caparaó.

Nesse ano, o time também fez o artilheiro do campeonato, o atacante Zé Carlos Baiano, que marcou 18 gols. Na semifinal, contra o Linhares, ele balançou a rede adversária cinco vezes na vitória por 5 a 1, no Estádio José Ibrahim Nicolau.

O Muniz Freire foi campeão com uma campanha de 20 jogos. Foram 12 vitórias, quatro empates e quatro derrotas.

 

Advertisement

O conteúdo do AQUINOTICIAS.COM é protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não é permitida a sua reprodução total ou parcial sob pena de responder judicialmente nas formas da lei. Em caso de dúvidas, entre em contato: [email protected].