Segurança

Polícia Civil prende suspeito de matar esposa em Atílio Vivácqua

COMPARTILHE
1093
Advertisement
Advertisement
Divulgação PC

A Polícia Civil prendeu nesta terça-feira (10), no Centro de Atílio Vivácqua, Alef Lourenço Pelais em cumprimento de mandado de prisão preventiva. Ele é suspeito de matar a tiros sua esposa Jordana Decothé Barbosa André, 24 anos, no dia 7 de junho.

Continua depois da publicidade

O crime, segundo a PC, aconteceu na residência do casal, na rua Eliza Galvão Barbieri. Jordana chegou a ser socorrida para hospital do município, mas morreu após dar entrada na unidade.

Alef, que já havia sido preso no dia 13 de abril deste ano por porte ilegal de arma de fogo, teve a prisão decretada pela Justiça pelo crime de feminicídio.

O detido foi encaminhado para a delegacia local, de onde foi transferido para o Centro de Detenção Provisória (CDP) de Cachoeiro de Itapemirim. Ele será julgado em ação penal por júri popular.

Advertisement

O conteúdo do AQUINOTICIAS.COM é protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não é permitida a sua reprodução total ou parcial sob pena de responder judicialmente nas formas da lei. Em caso de dúvidas, entre em contato: [email protected].