Alegre

Novo prédio do Ifes de Alegre vai garantir mais aprendizado e melhor atendimento nas empresas juniores

COMPARTILHE
734

Os alunos do Ifes do município de Alegre passaram a contar desde sexta-feira (29) com o novo prédio que vai sediar as empresas juniores do Instituto, o primeiro entre os 22 campi do estado a oferecer um espaço exclusivo para os estudantes, além de um novo refeitório. As obras foram garantidas com recursos no valor de R$ 1,5 milhão, por meio de emendas do deputado federal Evair de Melo (PP-ES) ao Orçamento da União.

Coletivo promove desfile em Cachoeiro para exaltar beleza negra

Nesta sexta-feira (19), às 19h, no ginásio Darci Cossi, em Itaoca, Cachoeiro, acontece o...

Onze vagas de emprego disponíveis nesta quinta (18) no Sine de Cachoeiro; confira

O Sine de Cachoeiro de Itapemirim esta com 11 vagas de emprego em aberto...

Tempo continua instável nesta quinta (18); pode chover em todo Sul do ES

Quinta-feira (18) de tempo instável no Espírito Santo por causa da umidade transportada pelos...

A estrutura vai melhorar o contato com a comunidade e, consequentemente, vai proporcionar mais oportunidades para os estudantes expandirem seus conhecimentos. Ex-aluno da antiga Escola Agrotécnica Federal de Alegre (EAFA), atual Ifes de Alegre, Evair considera a entrega do prédio um momento histórico para a instituição e seus alunos. “Conhecimento compartilhado é a garantia de alegria no resultado do trabalho e os nossos estudantes do Ifes de Alegre merecem esse espaço, que vai lhes ajudar a explorar seus talentos e a melhorar cada vez mais o atendimento à nossa gente”.

A diretora-geral do Ifes de Alegre, Maria Valdete Tannure, afirma que o novo prédio vai preencher uma necessidade dos estudantes, que era a falta de uma estrutura exclusiva para o trabalho das empresas juniores. Com exceção da Caparaó Júnior, as empresas atuavam nas coordenações de curso ou em outros espaços disponíveis. “Eles terão um ambiente mais adequado, com salas adaptadas e acesso específico, para realizarem suas pesquisas e atender melhor os produtores e toda a comunidade externa”, frisou a diretora.

Continua depois da publicidade

 

Empresas Juniores

A Caparaó Jr é a empresa júnior mais consolidada do Ifes de Alegre. Criada em 2010 junto com o surgimento do Curso Superior de Tecnologia em Cafeicultura, oferece atendimento personalizado, coleta e análise de solo e café, entre outros serviços para aproximadamente 1.700 famílias entre o Espírito Santo, Minas Gerais e noroeste do Rio de Janeiro.

O diretor-presidente da Caparaó, Lucas Fonseca, acredita que o novo prédio vai ajudá-los a crescer a produtividade, além de desenvolver ainda mais o potencial dos estudantes. “Nosso volume de serviço é muito grande e nosso espaço físico hoje é limitado, tanto de escritório quanto de laboratório. Essa nova estrutura vai ajudar muita a gente nos organizar e nos possibilitar aumentar nosso trabalho”.

A ADS Jr, empresa dos alunos do curso superior de Análise de Desenvolvimento de Sistemas, em conjunto com o curso Técnico de Informática, oferece cursos gratuitos, como de Pacote Office, Excel, Word e cursos básicos para idosos, e cursos pagos e avançados para empresas, como Coreldraw, Design Gráfico, Animação 3D, entre outros. A expectativa do diretor-presidente da empresa, Aurione Oliveira, é de que o prédio novo vai permitir um atendimento melhor à comunidade externa.

“Antes os atendimentos todos eram feitos dentro da instituição, a empresa não tinha distinção entre salas de aulas, laboratórios e o que era de fato da empresa. Agora com o prédio novo temos um local específico para atendimento, separado das instalações da escola. Um ambiente confortável, seguro e destinado a esse propósito”, completa Aurione.

O diretor-presidente da Aqua Jr, Caio Henrique Ferreira, também compartilha a expectativa das outras empresas juniores do Ifes de Alegre. Inspirada na Caparaó Júnior, a empresa do Curso de Engenharia de Aquicultura atua na assistência técnica, desenvolvimento de projetos e tecnologias, atendimento personalizado e até produção de tilápias.

Caio afirma que a região era carente dessa prestação de serviço e a Aqua Jr aproveitou a oportunidade para preencher esse espaço. “Muitos produtores que ligam para nós dizem que estão em situação desesperadora e que precisam de auxílio em soluções até simples. Por isso, o novo prédio vai ajudar muito os alunos, pois uma coisa é você aplicar os conhecimentos no mercado, outra coisa é fazer isso dentro da instituição e nós precisávamos de um espaço que unifique conhecimento e atendimento de qualidade”.

O deputado Evair destaca a importância dos investimentos estruturantes para os estudantes e toda a comunidade beneficiada pelo trabalho das empresas juniores. “É o imposto que você paga retornando em Educação, criando oportunidades para os nossos jovens ampliarem e compartilharem seus conhecimentos”.

Publicidade