Cidades

 IBGE apresenta prévia do censo rural em Bom Jesus

COMPARTILHE
66
Advertisement
Advertisement

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) apresentou os dados preliminares do censo agrário em Bom Jesus do Norte. O levantamento, em todo o país, foi feito entre outubro de 2017 e março deste ano, e está sendo finalizado.  

Empresa mantém alerta de risco de rompimento de barragem em Alegre

Em nota divulgada por volta das 12h, desta segunda-feira (27), a empresa Statkraft informou...

Barragem em Alegre passará por nova avaliação nesta segunda (27), diz companhia

A Statkraft, empresa que gerencia a barragem PCH Francisco Gros, localizada no município de...

Recorde triste: Alfredo Chaves é a cidade onde mais choveu no país, em 24 horas, em janeiro

Alfredo Chaves foi o município brasileiro com maior volume de chuva em 24 horas...

Os indicadores de Bom Jesus do Norte foram apresentados na quarta-feira (18) à Comissão Municipal de Geografia e Estatística, durante uma reunião conduzida pela coordenadora de subárea do Instituto, Márcia Meneguelli.

De acordo com o material, o número de propriedades rurais no município aumentou de 151 para 192 em comparação com 2016, data do último censo agropecuário. “Podemos ter uma propriedade registrada no cartório, mas nesse espaço funcionam dois estabelecimentos ou até três, então contabilizamos duas ou três  unidades, como for o caso”, explicou Márcia.

Advertisement
Continua depois da publicidade

No setor de pecuária, o rebanho conta com 6.347 bovinos, 237 equinos e 92 suínos. Na produção leiteira, Bom Jesus do Norte ultrapassa a marca de um milhão e meio de litros por ano.

Na lavoura, a maior cultura permanente é o café arábica. São mais de 100 hectares plantados. A banana é o segundo produto mais produzido, com área plantada de aproximadamente 27 hectares seguida do palmito e do eucalipto.

Já nas culturas temporárias os destaques são para a produção de milho e de feijão (cerca de 20 e 16 hectares respectivamente).  No setor de horticultura as maiores produções são de couve, abobrinha, taioba e alface.

Os dados apresentados serão avaliados pela comissão e, posteriormente,  disponibilizados oficialmente no site do IBGE.

Advertisement

Na avaliação do prefeito Marquinhos Messias, que participou da reunião, a atualização dos dados será importante para a tomada de decisões no setor. “Hoje, nós temos em mãos dados bem claros e atualizados da realidade da nossa agricultura e pecuária. A partir dessas informações podemos planejar ações pontuais visando melhorar o setor produtivo como um todo”, analisou o prefeito.

Advertisement
Publicidade