Eleições 2020

Convenção que sagrou Bolsonaro como candidato atrai de 'Robocop' a 'Trump'

COMPARTILHE
LINS - RJ - 22/07/2018 - BOLSONARO / CONVENÇÃO - POLITICA OE - O Partido Social Liberal (PSL) faz hoje (22), no Rio de Janeiro, convenção nacional para lançar a candidatura do deputado federal Jair Bolsonaro à Presidência da República. É esperado o anúncio de quem irá compor a chapa com o parlamentar. A advogada Janaína Paschoal sinalizou, na sua conta no Twitter, que tem disposição de ser vice na chapa encabeçada pelo parlamentar. Foto: FABIO MOTTA/ESTADÃO
179
Advertisement
Advertisement

Militantes pela volta da monarquia, um motoqueiro com capacete, máscara de gás e armadura apropriada para enfrentar manifestantes e até apoiador com máscara do presidente norte-americano Donald Trump. Esses foram alguns dos personagens que povoaram a convenção que sagrou o deputado pelo Rio candidato a presidente pelo PSL.

Eleições municipais são adiadas; veja como ficou o novo calendário

Em sessão solene conjunta da Câmara dos Deputados e do Senado Federal na manhã...

Filiado ao partido de Mourão, Jovelino Schiavo quer disputar a Prefeitura de Cachoeiro

Filiado ao PRTB, partido do vice-presidente da República, Hamilton Mourão, o consultor ambiental de...

Programas de rádio e TV apresentados por pré-candidatos não podem ser transmitidos a partir desta terça

De acordo com o calendário das Eleições 2020, a partir desta terça-feira (30), emissoras...

O encontro reuniu uma plateia predominantemente masculina, estimada pelo parlamentar em 3 mil pessoas, em um auditório no Centro de Convenções SulAmérica, no Estácio, região central da capital.

A propaganda monarquista foi feita pelo médico Bruno Hellmuth, de 68 anos, e pelo artista plástico José Geraldo Farjado. Diretores do Círculo Monárquico do Rio de Janeiro, os dois foram à convenção levando uma bandeira do Brasil Império. Hellmuth admitiu, porém, que o deputado não tem nada a ver com o movimento pela monarquia. Disse que foi ao lançamento porque há muitos monarquistas candidatos pelo PSL. “Provavelmente, nem todos nós vamos votar em Bolsonaro presidente”, confessou. Afirmou, porém que o candidato é uma “boa alternativa”.

Advertisement
Continua depois da publicidade

Outro que chamou atenção foi o empresário Safe Saffam, de 32 anos, que chegou com o corpo envolto em uma “armadura” de plástico. Ele disse que usa a roupa em protestos a favor de policiais e outros servidores públicos. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Daniela Amorim e Constança Rezende
Estadao Conteudo
Copyright © 2018 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Advertisement

Ajude o bom jornalismo a nunca parar! Participe da campanha de assinaturas solidárias do AQUINOTICIAS.COM. Saiba mais.