Espírito Santo

Governador e Conselho Estratégico da Findes debatem cenário econômico

COMPARTILHE
Foto: Leonardo Duarte/Secom
79

Debater o atual cenário socioeconômico do Estado e discutir uma agenda pela competitividade. Foi com esse objetivo que o governador Paulo Hartung esteve reunido com representantes das 20 maiores indústrias que atuam no Estado e fazem parte do Conselho Estratégico da Federação das Indústrias (Findes). O encontro foi realizado no início da tarde desta terça-feira (15), na sede da Findes, em Vitória.

ES lança programa de apoio a pós-graduação inédito no país

A ciência no Espírito Santo receberá investimento de R$ 19,5 milhões por meio de...

Empresa é multada por fraude em contratos do Reflorestar

A Secretaria de Estado de Controle e Transparência (Secont) condenou duas empresas a pagar...

SesiViva+ será apresentado às regionais da Findes no ES

Nas próximas semanas, as regionais da Findes irão conhecer o SesiViva+, a nova plataforma...

Durante a abertura da reunião de trabalho, Paulo Hartung elogiou a criação do Conselho Estratégico e ressaltou que, ao reunir as principais empresas responsáveis pela geração de Produto Interno Bruto (PIB) capixaba, o Espírito Santo ganha um importante espaço para debater uma agenda que trate dos interesses capixabas e desenvolvimento socioeconômico do Estado. “Aproximar a grande indústria da Federação é uma posição estratégica onde teremos um espaço para debater temas importantes e necessários para os capixabas”, disse Paulo Hartung.

Na oportunidade, entre os temas debatidos, o governador explicou que o país ainda atravessa a maior crise socioeconômica de sua história. Paulo Hartung defendeu uma agenda modernizadora que garanta mais competitividade para o Brasil. “O país precisar ter isonomia econômica em relação ao mundo. Essa agenda é a que precisa dominar o país”, ponderou.

Continua depois da publicidade

Já sobre a situação socioeconômica e perspectivas para o Espírito Santo, Paulo Hartung resgatou que o Estado atravessa a crise organizado, com as contas equilibradas, pagamentos de servidores e fornecedores em dia. Hartung afirmou que, apesar da crise, o Governo Estadual conseguiu avançar na criação e implementação de políticas públicas transformadoras em áreas estratégicas como educação, saúde, segurança pública, meio ambiente e projetos sociais. “Em plena crise conseguimos avançar em áreas importantes para população e, para isso, fizemos uso de ferramentas de gestão com inovação”, disse.

Paulo Hartung afirmou estar otimista com o futuro do Espírito Santo, porém ponderou que o Estado não é uma ilha de desenvolvimento e que, para avançar, é necessário o Brasil retomar o caminho da prosperidade. “Acredito que o próximo processo eleitoral terá uma enorme influência nos rumos do Brasil”, analisou o governador.

O presidente da Federação das Indústrias (Findes), Leonardo de Castro, explicou a presença do governador no Conselho Estratégico da Federação.  “Para nós muito importante, nesta primeira reunião do Conselho, termos a presença do governador Paulo Hartung que é a maior liderança do Estado e que pode auxiliar o setor produtivo a entender o contexto do atual cenário econômico do Estado e do país”, ponderou o presidente.

Publicidade