Economia

Agrishow cresce 22% e vendas chegam a R$ 2,7 bilhões

COMPARTILHE
92

MARCELO TOLEDO

Governo admite que concessões de aeroportos e ferrovias não saem este ano

Após meses de promessas e constantes revisões de cronogramas, o governo jogou a toalha...

BNDES terá novo procedimento para análise de crédito

Com o objetivo de tornar mais ágil a concessão de crédito, o Banco Nacional...

Orçamento tem pleitos emergenciais de R$ 1,4 bi

Na disputa pelos recursos do Orçamento, os ministérios fizeram uma lista de pedidos que...

RIBEIRÃO PRETO, SP (FOLHAPRESS) – As vendas de máquinas e implementos agrícolas na Agrishow (Feira Internacional de Tecnologia Agrícola em Ação) cresceram 22% e alcançaram R$ 2,7 bilhões. O resultado iguala o resultado de 2014, recorde histórico de vendas do evento -ainda antes do acirramento da crise no país.

O balanço parcial das negociações geradas na principal feira agrícola do país, realizada em Ribeirão Preto (a 313 km de São Paulo), foi divulgado na tarde desta sexta-feira (4) pelos organizadores.

Continua depois da publicidade

No ano passado, as negociações alcançaram R$ 2,2 bilhões e a previsão para a edição deste ano era a de gerar R$ 2,3 bilhões em negócios.

As vendas foram impulsionadas pelas comercializações de máquinas para o setor de grãos, com alta de 25%, seguida por equipamentos para armazenagem (15%), irrigação (14%) e pecuária (8%).

Considerada um termômetro da temporada no setor agrícola, a Agrishow teve início na última segunda-feira (30) e foi marcada por uma “romaria” de pré-candidatos à presidência e ao governo do estado.

Publicidade