Segurança

Idosa de 64 anos é esfaqueada pelo ex-namorado em Guaçuí

COMPARTILHE
5193

Uma mulher de 64 anos foi vítima de tentativa de feminicídio em Guaçuí, na tarde de domingo (11). Ela foi atacada a facadas pelo seu ex-namorado, C.A. dos S., 60, por volta das 16 horas, no bairro Bela Vista.

PRF apreende em Itapemirim carro roubado no Rio

A Polícia Rodoviária Federal (PRF), recuperou três veículos furtados/roubados em menos de 24h, durante...

Polícia Ambiental apreende 17 pássaros silvestres em Guaçuí

Uma operação realizada nesta quinta-feira (20), pela Polícia Militar Ambiental de Guaçuí, resultou na...

Mulher é presa após abrir conta com nome falso no Banestes de Bom Jesus do Norte

Uma mulher de 38 anos foi presa ontem (20), em Bom Jesus do Norte,...

A vítima estava em casa quando vizinhos ouviram gritos de socorro e chamaram a Polícia Militar. Testemunhas disseram ter visto o agressor em cima da mulher com uma faca na mão. Ele conseguiu fugir e levou o celular da mulher.

Lúcida, a vítima contou à PM, ainda no local do crime, que o agressor acessou o local pulando o muro da residência. A mulher foi encaminhada ao Pronto Atendimento pelos bombeiros e logo após foi transferida para a Santa Casa de Misericórdia da cidade.

Continua depois da publicidade

Segundo a Polícia Civil, uma medida protetiva havia sido emitida recentemente contra o suspeito. De acordo com o delegado Dedier Carvalho, em contato com o hospital, a informação recebida é que a vítima apresentava de três a quatro perfurações profundas na região do tórax, do lado esquerdo e na frente e nas costas.

Segundo a enfermeira responsável pelo atendimento, Elisângela Lopes, os ferimentos seriam o suficiente para levá-la a óbito, o que não ocorreu pelo fato de não ter sido atingido nenhuma região de um órgão vital, como coração ou pulmão.

Buscas foram realizadas na casa do agressor, que foi encontrado tentando se esconder em uma obra próxima de sua residência. Para fugir ele pulou do segundo andar da obra e ainda três muros, mas foi detido. Ele negou ter ido à casa da vítima e disse estar com amigos na hora do crime.

Na delegacia, C. preferiu permanecer em silêncio. O suspeito responderá por tentativa de feminicídio. Ele foi encaminhado ao Centro de Detenção Provisória (CDP), de Cachoeiro de Itapemirim.

A vítima permanece internada. A faca utilizada no crime não foi localizada.

Publicidade