Cidades

Governo do ES entrega duas toneladas de alimentos a moradores de Rio Novo do Sul

COMPARTILHE
216

As mais de duas toneladas de alimentos arrecadados no Pedalaço em prol do novo Aeroporto de Vitória chegaram hoje a Rio Novo do Sul, cidade no Sul do Estado, bastante castigada pela chuva do último sábado (17). Equipes da Casa Militar, organizadora do Pedalaço, fizeram o transporte dos mantimentos por via terrestre. A logística de distribuição será planejada e executada pela coordenação da Defesa Civil Estadual, que está na cidade desde sábado.

Festa de Cachoeiro: corrida de São Pedro atrai participantes de outras cidades

Atletas de outros municípios e estados estarão em Cachoeiro no sábado (22) para competir...

Royalties: R$ 6 milhões para urbanização e equipamentos públicos em Cachoeiro

Mais R$ 6,3 milhões dos royalties de petróleo e gás natural foram liberados para...

Passos de Anchieta: anchietense terá ônibus para acesso aos dias de caminhada

As inscrições para a 22ª edição da caminhada Os Passos de Anchieta estão na...

Além dos alimentos, foram destinados ao município caminhões-pipa para ajudar na limpeza de ruas e avenidas, assim como no abastecimento das residências. Segundo a Defesa Civil Estadual, 90% das casas foram afetadas pela chuva. O abastecimento de água foi paralisado preventivamente, após o rompimento de uma adutora, que já foi reparada.

A chuva deixou uma pessoa ferida, seis famílias desabrigadas, mais de 600 desalojados, afetando, ao todo, dez mil pessoas. Os números ainda estão sendo atualizados com precaução. A chuva ainda provocou queda de muros, deslizamentos de taludes, rolamento de blocos, danificou seis pontes e destruiu uma casa.

Continua depois da publicidade

Uma rede de solidariedade logo se formou. O 1º Batalhão do Corpo de Bombeiros, em Vitória, chegou a ficar de sobreaviso para receber donativos. Porém, a ação rápida do Governo do Estado, com a importante intervenção da Defesa Civil Estadual, e os auxílios de municípios vizinhos, a normalidade está sendo restabelecida. Não há, por enquanto, necessidade de enviar novos donativos.

A Defesa Civil continua monitorando a cidade, assim como outros pontos do Estado. Há previsão de chuva nos próximos dias. A orientação é ficar atento e acionar a ajuda pelo telefone 199.

Publicidade