Atenas Capixaba

Pé de Livros mobiliza moradores de Cachoeiro e região para Bienal Rubem Braga

COMPARTILHE
188

Desde que foi lançado pela prefeitura, em 2017, o projeto itinerante Pé de Livros vem mobilizando moradores de Cachoeiro de Itapemirim e também da região para a 7ª Bienal Rubem Braga, que será promovida neste ano, de 15 a 20 de maio.

Filme produzido com recursos da Lei Rubem Braga é destaque em festival nacional

Mais um curta-metragem cachoeirense tem ganhado notoriedade em festival pelo Brasil. A bola da...

Filme produzido com recursos da Lei Rubem Braga é destaque em festival nacional

Mais um curta-metragem cachoeirense tem ganhado notoriedade em festival pelo Brasil. A bola da...

Filme produzido com recursos da Lei Rubem Braga é destaque em festival nacional

Mais um curta-metragem cachoeirense tem ganhado notoriedade em festival pelo Brasil. A bola da...

Somente em janeiro, a Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Semcult) levou a atividade aos balneários de Marataízes (na praça da Areia Preta) e de Itapemirim (nas praias de Itaoca e Itaipava).

E neste mês o cronograma segue no litoral sul capixaba, com o objetivo de aproveitar o fluxo elevado de turistas nessas áreas, durante a temporada de verão, para divulgar a sétima edição da feira literária.

Continua depois da publicidade

Está marcada para a semana que vem, na quarta-feira (21), uma ação do Pé de Livros na cidade de Anchieta, que acontecerá na praça do bairro Alvorada, perto da escola municipal Jocelina Nogueira, a partir das 9h. A programação vai incluir atividades com leitura e contação de histórias.

As próximas atividades do projeto estão agendadas para as cidades de Piúma, no dia 28, e de Jerônimo Monteiro, em 7 de março, mês em que a ação volta a ser organizada, também, em Cachoeiro. Depois, a iniciativa deverá visitar outros dez locais, pelo menos, até chegar à Praça de Fátima, para a Bienal.

“A Bienal Rubem Braga precisa ser construída ao longo dos meses com a mobilização de todos. O Pé de Livros é um importante instrumento desta construção”, destaca a secretária municipal de Cultura e Turismo, Fernanda Martins.

Publicidade