Bom Jesus do Norte

Prefeito destaca equilíbrio financeiro e retomada de investimentos em Bom Jesus do Norte

COMPARTILHE
211

Eleito prefeito de Bom Jesus do Norte com 2.502 votos, Marquinhos Messias (PSD) assumiu o município com a tarefa de, em um ano de crise, equilibrar as contas e investir em infraestrutura e melhoria nos serviços à população. Um exemplo é o resgate dos alunos para a rede municipal que, migravam para o município vizinho, Bom Jesus do Itabapoana, já Rio de Janeiro, em busca de escolas melhores. A atenção à saúde das famílias da zona rural também foi prioridade, com o início do atendimento médico nos postos de saúde, evitando a necessidade de deslocamento até a sede.

Recorde de corredores marca 41ª edição da Corrida de São Pedro em Cachoeiro

“Esta é a minha quarta participação na corrida. Quando era adolescente, eu corri. Hoje,...

“Neste ano vamos fazer uma festa para representar as mulheres”, diz Cachoeirense Ausente Neuza Brunoro

A chegada da Cachoeirense Ausente nº 1, a professora e nutricionista Neuza Maria Brunoro...

Programa Formação Pela Escola abre 270 vagas em cursos gratuitos em Cachoeiro

A Secretaria Municipal de Educação (Seme) de Cachoeiro de Itapemirim abriu 270 novas vagas...

Marquinhos disse estar com as contas em dia. Segundo ele, o município não deve a servidores ou fornecedores e ainda fez investimentos com recursos próprios em 2017. Um desafio em sua gestão tem sido equilibrar o orçamento para pagar dívidas de gestões passadas.

“A principal ação efetiva no meu governo foi reorganizar a máquina pública. Existe uma dívida de R$6 milhões que estou pagando, de forma parcelada, de gestões anteriores, falta de responsabilidade. Atualmente, pago “duas prefeituras” se for analisar”, resume o prefeito.

Continua depois da publicidade

Messias explica em números como a área da Educação foi uma de suas prioridades. “Destino 33% da arrecadação do município para melhorar a estrutura das escolas. Visitei todas em janeiro passado e constatei que precisavam de reformas. Estávamos “perdendo” nossos alunos para Bom Jesus do Itabapoana por falta de estrutura. Recuperamos 30% e encerramos o ano letivo com 1160 alunos que retornaram. Mas há também o investimento nos profissionais. Atualmente, pagamos o piso nacional para os professores, as merendas foram melhoradas e são acompanhadas por nutricionistas”, destaca o prefeito.

Ainda na Educação, este ano será inaugurada uma nova creche com capacidade para 200 crianças, no bairro São Sebastião. A obra estava paralisada desde 2009 e está sendo concluída por meio de convênio com a Caixa Econômica Federal. Outro investimento na área – este do Governo do Estado – será a implantação da Escola Viva. Bom Jesus do Norte foi a escolhida para receber o projeto na região do ABC do Caparaó, que inclui também Apiacá e São José do Calçado. “Estou desapropriando o terreno. A Secretaria de Estado da Educação (Sedu) visitou e aprovou nossa escolha. Estão sendo feitas a topografia e outras etapas. A escola comportará até 600 estudantes”, ressalta Marquinho.

OBRAS

Investimentos também foram feitos no setor rural do município. No início deste mês, mais precisamente dia 4, a prefeitura iniciou as obras para substituição de pontes de madeira por pontes de cimento com vigas pré-moldadas. A primeira a ser trocada fica sobre o rio Calçado, perto da usina Mangaravite. Essa ponte, e outras duas, serão instaladas em parceria com a Secretaria de Estado da Agricultura (Seag). Uma na localidade de Jardim e a outra na estrada que dá acesso a Mutuca, no limite do município com São José do Calçado.

As estradas rurais também vêm passando por reparos, como a que liga o centro do município a Três Porteiras. O trecho, de cerca de sete quilômetros, foi contemplado com obras do Programa Caminhos do Campo.

Com trabalho junto a parlamentares capixabas, o município vem conseguindo se reequipar. Um trator e implementos vieram de emenda da deputada estadual Luzia Toledo (PMDB) e outros dois tratores estão previstos para este semestre, frutos de emenda do deputado federal Evair de Melo (PV); assim como um caminhão truck, de emenda do deputado federal Sergio Vidigal (PDT). A Seag destinou ainda um caminhão pipa ao município.

“Tratamos dos problemas das estradas vicinais. Elas foram niveladas, facilitando o acesso das famílias rurais e o escoamento da produção agrícola. Máquinas e equipamentos são importantes reforços para gente melhorar a qualidade de vida daquelas famílias”, lembra Marquinhos.

Além de pensar no campo, a gestão de Messias também investiu em serviços na sede, com reparos de buracos e pavimentação de ruas, construção de novas calçadas e a reforma da Praça Astolfo Lobo. A ponte principal – que divide o Espírito Santo e o Rio de Janeiro e dá acesso à Bom Jesus do Itabapoana – teve base e estrutura reformada com recursos integrais do município capixaba.

Obra que também vai melhorar a qualidade de vida da população é a implantação do esgotamento sanitário com 100% de cobertura no município. “Estamos em andamento com as obras, uma parceria com o governo federal e a Fundação Nacional de Saúde, Funasa. O prazo para a conclusão é dezembro deste ano”, comenta o prefeito. Também em parceria com a Funasa cerca de 100 famílias de baixa renda serão beneficiadas com reforma e ligação de suas moradias à rede de esgoto.

Bom Jesus do Norte também passa por mudanças na sinalização de trânsito. A proposta do município é a melhora na mobilidade urbana para pedestres, motoristas e motociclistas. “Está em andamento. Fizemos algumas reuniões com a população, ouvimos comerciantes e contamos com apoio dos vereadores. Em breve será finalizada”, diz o prefeito.

Saúde reforçada

No setor da Saúde, um projeto implementado no primeiro ano de governo de Marquinho levou atendimento básico aos moradores das áreas rurais. Até então, era necessário o deslocamento até a unidade de saúde da sede. “Humaniza o atendimento. Nossos médicos vão até a população mais afastada do centro e recebem os pacientes nos postos de saúde da localidade”, ressalta o prefeito. “Estamos aguardando emendas parlamentares que solicitei aos deputados da bancada para reformar o Pronto Atendimento e a US2, posto de saúde do centro”, acrescenta Messias.

O equilíbrio nas contas, que se repercute por todas as áreas, vai proporcionar outros investimentos na saúde pública da cidade. “Devemos adquirir quatro novos veículos para a Saúde. Precisamos, nossa frota está sucateada. O Governo Federal também irá ajudar o município com uma ambulância para o Pronto Atendimento “Padre Galeno, ainda este ano”, adianta o prefeito.

Política

Em um ano eleitoral, apesar de confirmar que as conversar estão acontecendo, o prefeito diz que ainda não decidiu sobre quem apoiar nas eleições, seja em âmbito estadual ou federal. “Estou estudando ainda os nomes. Posso garantir que apoiarei um candidato que contribuiu com o desenvolvimento de Bom Jesus do Norte”.

Sobre 2018, Marquinhos, que cumpre seu primeiro mandato, acredita que será um ano melhor. “Será mais tranquilo. No aspecto econômico nosso município progrediu. Esperamos mais ofertas de empregos e oportunidades para todos”, finaliza.

Publicidade