Atenas Capixaba

Ganhadores do concurso “Não Curto Corrupção” serão conhecidos neste sábado

COMPARTILHE
49

Os alunos das escolas municipais de Cachoeiro de Itapemirim participaram desde o mês de novembro do concurso “Não Curto Corrupção” que visou estimular a reflexão sobre cidadania e corrupção. O resultado será divulgado amanhã, no Dia Mundial de Combate à Corrupção, em evento realizado no auditório da Escola Municipal Zilma Coelho Pinto, a partir das 9h.

Pé de Livros mobiliza moradores de Cachoeiro e região para Bienal Rubem Braga

Desde que foi lançado pela prefeitura, em 2017, o projeto itinerante Pé de Livros...

Filme produzido com recursos da Lei Rubem Braga é destaque em festival nacional

Mais um curta-metragem cachoeirense tem ganhado notoriedade em festival pelo Brasil. A bola da...

Filme produzido com recursos da Lei Rubem Braga é destaque em festival nacional

Mais um curta-metragem cachoeirense tem ganhado notoriedade em festival pelo Brasil. A bola da...

Participaram turmas do ensino fundamental de 18 escolas da rede pública municipal. O concurso foi uma ação da Controladoria Interna de Governo em parceria com as secretarias municipais de Educação, de Cultura e de Comunicação Social. Os alunos do ensino fundamental da foram incentivados a registrar suas reflexões a respeito do tema “Eu e a Cidadania” em desenhos, charges, redação e paródias, as quatro categorias do concurso.

Serão premiados os primeiros e segundos lugares de cada categoria (desenho, paródia, charge e redação) e os professores que os orientaram. Os estudantes só saberão o resultado do concurso no momento da entrega. Os trabalhos vencedores ficarão expostos por 30 dias na recepção do Palácio Bernardino Monteiro.  A abertura da mostra será na segunda-feira, dia 11, a partir das 9h30, na Praça Jerônimo Monteiro.

Continua depois da publicidade

O Controlador Interno de Governo, Henderson Cassa, afirma que o objetivo do “Não Curto Corrupção” foi incentivar a reflexão e o debate de temas relacionados ao controle social, ética e cidadania no ambiente educacional. “A intenção principal foi proporcionar a conscientização dos alunos da rede, para que possam disseminar esses conhecimentos, até dentro de suas próprias famílias, pois muitas pessoas não dão a devida atenção ao tema, que é de interesse não só de órgãos de controle, mas de toda a sociedade. A participação dos estudantes foi muito satisfatória e convidamos a população a conferir o resultado, que vamos expor no Palácio Bernardino Monteiro”, finaliza Henderson Cassa.

 

Publicidade