Restaurantes

30 de setembro: data marca o Dia da Moqueca Capixaba

COMPARTILHE
Equipe do Instituto Brasil a Gosto esteve em Vitória, no último fim de semana, captando depoimentos e imagens para um documentário sobre a
1530
Advertisement
Advertisement

O fim de semana chegou com um gostinho ainda mais especial. Além de curtir uma boa praia, turistas e moradores poderão festejar o Dia da Moqueca Capixaba comemorado neste sábado (30).  A iguaria capixaba pode ser encontrada facilmente nos estabelecimentos gastronômicos situados nas orlas do Espírito Santo.

Continua depois da publicidade

A data escolhida, 30 de setembro, marca o aniversário do autor de uma citação conhecida pelo Brasil, “Moqueca é capixaba, o resto é peixada”. A frase de Cacau Monjardim, teve origem em uma viagem ao Estado da Bahia, quando provou e avaliou o gosto da iguaria do estado vizinho. Cacau não poupou esforços ao elogiar o prato capixaba em relação ao baiano.

O dia da moqueca capixaba foi instituído ao calendário da cidade de Vitória em 2012, por meio da Lei Municipal N° 8.813. Outra lei, na esfera estadual institui a moqueca capixaba com comida típica do Estado do Espírito Santo, a Lei Estadual N° 7.567 de 2003.

 

Continua depois da publicidade

Moqueca capixaba

A moqueca é um dos ícones do Espírito Santo. Conhecida pelo seu sabor inigualável, o prato é uma instituição essencialmente capixaba. O nome “moqueca” designa um estilo de preparar o alimento que consiste no cozimento sem água, apenas com os vegetais e frutos do mar e, ao contrário da moqueca baiana, a capixaba não recebe azeite de dendê e nem leite de coco.

A moqueca capixaba é feita na panela de barro, outro ícone capixaba. A panela de barro também já é reconhecida como Patrimônio Imaterial pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).

Advertisement
Continua depois da publicidade

O prato é uma tradição trazida pelos índios há mais de 400 anos e, segundo chefs renomados, a receita atende aos quatro padrões que a gastronomia preza em um prato de qualidade: sabor, cor, perfume e consistência.

RECEITA

Moqueca Capixaba (6 porções)

Ingredientes

  • 2 kg de peixe (badejo, robalo, dourado, cação, garoupa)
  • 2 maços de coentro fresco picado
  • 400g de cebola branca picada em cubos
  • 600g de tomates picados em cubos
  • 20g de alho picado
  • 50 ml de azeite de oliva
  • 30 ml de tintura de urucum (sementes de urucum aquecidas com óleo de milho) ou coloral a gosto
  • Sal, pimenta do reino e limão

 

Preparo

  • Limpe o peixe, corte-o em postas e deixe-o em um recipiente com sal e suco de limão por 30 minutos. Reserve a cabeça para o pirão
  • Numa panela de barro capixaba refogue no azeite, o alho e metade da cebola, do tomate e do coentro.
  • Arrume as postas de peixe em cima fazendo uma só camada.
  • Vire-as de um lado e do outro para pegarem um pouco deste tempero
  • Cubra com o restante da cebola, tomates e coentro.
  • Regue com a tintura de urucum e  com um pouco mais de azeite.
  • Deixe cozinhar, tampada, em fogo alto e quando abrir fervura coloque umas gotas de limão. Não acrescente água ou vire as postas para não quebrá-las.
  • Com auxílio de luvas ou um pano grosso balance a panela algumas vezes para evitar que a moqueca agarre no fundo.
  • Quando o peixe estiver cozido, verifique o tempero e sirva salpicada de cebolinha verde.
  • Sirva com arroz branco e um pirão feito com a cabeça do peixe.

 

Pirão

  • Cozinhe a cabeça do peixe na água e com os mesmos ingredientes da moqueca até quase desmanchar.
  • Retire a cabeça, desfie a carne e elimine os ossos.
  • Peneire o caldo, tempere-o e junte a carne desfiada.
  • Acrescente a farinha de mandioca crua em fogo baixo, mexendo sempre para não empelotar e o suficiente para atingir uma consistência média.

Advertisement

O conteúdo do AQUINOTICIAS.COM é protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não é permitida a sua reprodução total ou parcial sob pena de responder judicialmente nas formas da lei. Em caso de dúvidas, entre em contato: [email protected].

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here