Bares

Segunda melhor IPA do Brasil estará no Festival de Inverno de Guaçuí

COMPARTILHE
787
Advertisement
Advertisement

Da cervejaria Kingbier, que fica na Barra do Jucu, em Vila Velha, a ‘Siciliana White IPA’, eleita a segunda melhor IPA do Brasil, poderá ser saboreada no Festival de Inverno de Guaçuí.

Continua depois da publicidade

O título foi conquistado no 5º Campeonato Brasileiro de Cervejas Artesanais, que aconteceu em abril, em Blumenau, Santa Catarina. É a primeira cerveja capixaba a receber um prêmio em nível nacional. A Kingbier concorreu com quase 200 cervejarias, com mais de 100 estilos diferentes.

Para os que ainda não sabem, a IPA é uma cerveja com mais lúpulo  (flor que da o amargor) em sua composição. A ‘Siciliana White IPA’, é mais clara e tem notas frutadas do limão siciliano, daí seu nome.

No Festival de Inverno de Guaçuí, a KingBier levará, além da Siciliana White Ipa:  Just Black Dry Stout, U.S.S Arizona American IPA, King Weissbier (cerveja de trigo), King Blond Ale, King English IPA, King Pilsen, King Imperial (Russian Imperial Stout).

Continua depois da publicidade

Além da KingBier,  maior cervejaria artesanal do Espírito Santo, com uma produção de até doze mil litros/mês, estarão no Festival de Inverno outras três cervejarias de peso: Nativa, Biere Moulin e Kombeer/Besten. Ao todo, elas vão oferecer mais de 30 estilos de cerveja disponíveis para o público.

NATIVA

Prata da casa, a Nativa é uma cerveja produzida nas montanhas do Caparaó, na cidade de Guaçuí. Em sua fabricação são utilizados ingredientes de qualidade, com destaque para a água das nascentes da região, que confere o sabor e aroma único à cerveja.

Advertisement
Continua depois da publicidade

A Nativa produz uma média de 150 litros por produção e 1200 litros por mês e levará cinco estilos de cerveja para o evento:  American IPA, Red Ale, Summer Ale, Blond Ale e Weizen, além de um estilo sazonal que varia de acordo com as estações do ano.

BIÈRE MOULIN

O casal Rodrigo Moulin e Martina Martins produz a cerveja profissionalmente desde agosto de 2015, terceirizando a produção. A produção é feita em uma fábrica devidamente autorizada e estruturada, fazendo aproximadamente mil litros de cada vez, levando cerca de 21 dias para ficar pronta.

Com receitas exclusivas e sabores diferenciados, a Bière Moulin procura criar versões únicas para cervejas de estilos já conhecidas mundialmente, abusando da criatividade e ousadia na hora da preparação. Destaque para a Belgian Blond Ale, com pimenta da Jamaica; e a India Pale Ale, avermelhada e amarga.

KOMBEER/BESTEN

Doze estilos de cervejas artesanais serão levados para o evento. A Kombeer produz em torno de 10 tipos. Na lista, a Juice IPA, que é a tendência americana e a Stalt, uma cerveja escura e mais encorpada, feita de trigo.

Já da Besten, os destaques são as frutadas e uma Tripel, com 9% de teor alcoólico, que já foi premiada a melhor cerveja do Brasil.

Advertisement

O conteúdo do AQUINOTICIAS.COM é protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não é permitida a sua reprodução total ou parcial sob pena de responder judicialmente nas formas da lei. Em caso de dúvidas, entre em contato: [email protected].

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here