Espírito Santo

Cinco municípios do Sul têm incidência média de dengue

COMPARTILHE
83
Advertisement
Advertisement

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) divulgou, o quarto boletim da dengue deste ano. Segundo os dados, cinco municípios da região Sul do Espírito Santo apresentam incidência média da doença: Alfredo Chaves (193,0), Rio Novo do Sul (182,3), Atílio Vivácqua (158,8), Apiacá (126,1) e Presidente Kennedy (122,9).

Continua depois da publicidade

A taxa de incidência é um indicador de alerta a respeito da propagação da dengue. Para calcular, divide-se o número de casos da doença pela quantidade de habitantes do município e multiplica-se por 100 mil. O Ministério da Saúde considera três níveis: baixo (menos de 100 casos/100 mil habitantes), médio (de 100 a 300 casos/100 mil habitantes) e alto (mais de 300 casos/100 mil habitantes).

Por outro lado, seis municípios do Caparaó e regiõesCentral Sul e Serrana, tiveram índice zero de incidência: Brejetuba, Divino de São Lourenço, Dores do Rio Preto, Ibitirama, Mimoso do Sul e Venda Nova do Imigrante.

No total, 1.348 casos foram notificados no Espírito Santo entre os dias 1º e 28 de janeiro de 2017, com dois óbitos sob investigação. Taxa de incidência no Estado como um todo ficou baixa: 33,92.

Continua depois da publicidade

 

Zika, chikungunya e febre amarela

Advertisement
Continua depois da publicidade

A Sesa também divulgou o número de casos de zika vírus e chikungunya registrados no mesmo período. No caso da zika, houve 33 casos, sendo que 11 municípios do Caparaó, região Central Sul, Litoral Sul e Serrana estão lista com notificação da doença: Cachoeiro de Itapemirim, Castelo, Domingos Martins, Iconha, Irupi, Iúna, Marataízes, Marechal Floriano, Muniz Freire, Presidente Kennedy e São José do Calçado. Em relação à chikungunya, foram 82 notificações, e dentre os 11 municípios com circulação do vírus estão Afonso Cláudio, Cachoeiro de Itapemirim e Guaçuí.

 

Advertisement

Ajude o bom jornalismo a nunca parar! Participe da campanha de assinaturas solidárias do AQUINOTICIAS.COM. Saiba mais.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here