Cachoeiro de Itapemirim

Viação Itapemirim e Kaissara são vendidas e se tornam uma só empresa

COMPARTILHE
1137
Advertisement
Advertisement

Informações de bastidores dão conta de que a Viação Itapemirim de Cachoeiro de Itapemirim e a Viação Kaissara foram vendidas e se tornarão uma só empresa de ônibus. A assessoria da imprensa das empresas, no entanto, disse que “a direção delas não vai se manifestar sobre o assunto”.

Continua depois da publicidade

Fotos mostram uma suposta reunião com funcionários da Kaissara, onde a diretoria faz o anúncio da união com a Viação Itapemirim.

No dia 19 do mês passado, já havia surgido a informação de que a Itapemirim estava sendo vendida, mas na época, o fato foi tratado como boato. Em nota, a assessoria da viação não confirmou nenhuma tratativa ou negociação de venda de ativos.

“O que há, neste momento, no processo de recuperação, é o que o Grupo Itapemirim, que tem parte das empresas em fase de Recuperação Judicial, acaba de firmar parceria com uma consultoria especializada em gestão profissional de processos de reestruturação, com foco na geração de resultados”, disse em nota na época.

Continua depois da publicidade

Na última quinta-feira (22) o portal onibusparaibanos.com já levantava rumores de uma possível venda da Viação Itapemirim.

“Nesta quinta-feira circularam imagens de ônibus procedentes da Viação Cometa na garagem da Itapemirim em São Paulo. Não se sabe se esses ônibus foram de uma possível compra ou aluguel por parte da Itapemirim ou se apenas estão guardando os veículos para outra empresa, a verdade é que, como se pode ver pelas imagens, vários veículos de vários modelos, ex Cometa, estão na garagem da Itapemirim”, diz trecho do texto da reportagem.

Recuperação Judicial

Advertisement
Continua depois da publicidade

No dia 7 de março, a empresa entrou com um pedido de recuperação judicial, aceito em junho, pela 13º Vara Cível Especializada Empresarial de Vitória/ES, envolvendo as empresas Viação Itapemirim, Transportadora Itapemirim, ITA – Itapemirim Transportes, Imobiliária Bianca, Cola Comercial e Distribuidora e Flecha Turismo Comércio e Indústria.

Em julho, foi publicado edital com a lista de credores, mais uma etapa das várias já previstas no processo de Recuperação Judicial. O plano de recuperação da Itapemirim leva em conta todos os indicadores de receitas futuras, dentro do potencial econômico da empresa, inclusive com a alienação de ativos das empresas em recuperação.

Fotos: Divulgação

Advertisement

O conteúdo do AQUINOTICIAS.COM é protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não é permitida a sua reprodução total ou parcial sob pena de responder judicialmente nas formas da lei. Em caso de dúvidas, entre em contato: [email protected].

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here