Cachoeiro de Itapemirim

Metodologia japonesa 5S é adotada pela Santa Casa Cachoeiro

COMPARTILHE
319
Advertisement
Advertisement

A Santa Casa está investindo em organização, infraestrutura e melhor aproveitamento dos seus espaços internos. Para isso, implantou o sistema 5S, método japonês, que vai garantir um ambiente mais agradável para pacientes e funcionários.

Continua depois da publicidade

Segundo Aline Silveira, Coordenadora Administrativa da Santa Casa Cachoeiro, a implantação do projeto já tem dado resultado. “Está sendo gratificante ver o empenho da equipe neste projeto. Já alcançamos 70% de nossa meta e mesmo não tendo finalizado o trabalho já é possível colher frutos como: ganho de espaço, facilidade de limpeza e manutenção, melhor controle dos estoques, facilidade de localização e identificação dos objetos e ferramentas”.

Para alcançar a meta foi necessário incorporar uma nova cultura ao hospital, contando com o comprometimento e participação de todos os funcionários.

O que é o programa 5S?

Continua depois da publicidade

O 5S surgiu no Japão enquanto o país se reconstruía, após a segunda guerra mundial. A metodologia é baseada em cinco palavras japonesas, Seiri, Seiton, Seiso, Seiketsu e Shitsuke,que traduzidas para o português significam “sensos” e cada um está ligado a uma nomenclatura. São elas, senso de utilização, senso de organização, senso de limpeza, senso de saúde e senso de autodisciplina.

O objetivo da metodologia é promover o aprendizado e a prática de conceitos e ferramentas para a qualidade, incluindo cuidados com pessoas, ambiente, equipamentos, materiais, etc. Para que isso ocorra, é preciso investir em programas de qualidade e focar em uma boa gestão e assim, evitar desperdícios.

Como funciona a metodologia 5S:

Advertisement
Continua depois da publicidade

1- SEIRI – Senso de Utilização: Atua na estruturação do espaço, ou seja, eliminar do espaço de trabalho o que não for útil, ganhando mais espaço; reduzir custos; melhorar controle de estoques.

2- SEITON – Senso de Organização: Organizar o espaço de trabalho de forma eficiente, o que gera entre outras coisas, economia de tempo.

3- SEISO – Senso de Limpeza: Limpar e organizar o ambiente de trabalho, tornando-o mais saudável e agradável; reduzir acidentes; melhorar a conservação do local e dos equipamentos; melhorar o relacionamento interpessoal.

4- SEIKETSU – Senso de Padronização e Saúde: Criar normas claras para triagem/arrumação/limpeza Facilidade de localização e identificação dos objetos e ferramentas; Equilíbrio físico e mental; Melhoria de áreas comuns (banheiros, refeitórios, etc); Melhoria nas condições de segurança.

5- SHITSUKE – Senso de Disciplina ou Autodisciplina: Incentivar a melhoria contínua no local de trabalho; Melhor qualidade, produtividade e segurança no trabalho; Trabalho diário agradável; Melhoria nas relações humanas; Valorização do ser humano; Cumprimento dos procedimentos operacionais e administrativos.

Foto capa: Pâmela Koppe

Advertisement

O conteúdo do AQUINOTICIAS.COM é protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não é permitida a sua reprodução total ou parcial sob pena de responder judicialmente nas formas da lei. Em caso de dúvidas, entre em contato: [email protected].