TATIANA CAVALCANTI, ENVIADA ESPECIAL

APARECIDA, SP (FOLHAPRESS) - Cento e treze anos depois de ter sido coroada com uma joia doada pela princesa Isabel, a imagem de Nossa Senhora Aparecida recebeu na noite de hoje uma nova coroa, feita com joias doadas por romeiros, e um novo manto em homenagem aos 300 anos do encontro da santa. A coroação aconteceu no Santuário Nacional, em Aparecida (180 km de SP).

A base do altar que levou a santa foi feita com terra das 27 capitais brasileiras, recolhidas desde o início do ano. O altar representava os três pescadores que encontraram a imagem de Nossa Senhora Aparecida em 1717.

A coroação foi feita com a réplica da imagem original e contou com a participação do padrinho da festa, o cantor Daniel, e grupos de músicos.

A celebração começou às 19h, com 15 crianças vestidas de anjos e Daniel cantando “Romaria”. A basílica estava lotada, dentro e do lado de fora. Em seguida, 27 casais entraram levando bandeiras dos Estados brasileiros. Vidros com terra de cada capital foram depositados no altar. Três atores representavam os pescadores.

Logo depois, a coroa foi levada para o altar central. “A santa não é folclore, simplesmente reconhecemos a nossa fé em nossa mãe”, disse dom Darci Nicioli, arcebispo de Diamantina (MG), durante a cerimônia.

A emoção foi crescendo até momentos antes da coroação, quando dom Darci afirmou: “Te coroamos hoje nossa padroeira, mãe do Brasil”. Daniel, ao lado do altar onde estava a Santa, cantou novamente, desta vez “Nossa Senhora”, levando muitos fiéis às lágrimas. A cerimônia acabou aos aplausos, com todos os fiéis de pé, quando a imagem foi coroada e recebeu o manto dos 300 anos.
loading...

Participe e comente