Por volta das 18h30 de ontem (10), uma bebê de 1 ano e 4 meses foi internada em estado grave no hospital José Monteiro, em Apiacá, suspeita de ter sido vítima de estupro.

Segundo a Polícia Militar, a mãe da criança contou que ao trocar a fralda da filha percebeu que havia algumas marcas no órgão genital da criança, então a levou para ser examinada. Ao ser atendida, uma profissional da área de saúde suspeitou que ela havia sido abusada sexualmente.

A mãe da criança registrou denúncia na PM, acusando um homem, de 58 anos, como autor do crime. Ela suspeita que a filha tenha sido abusada dentro da própria casa, pelo suspeito que é companheiro da avó paterna da bebê.

A vítima foi transferida em estado grave para o hospital São Vicente de Paulo, em Bom Jesus do Itabapoana – RJ, de onde foi encaminhada em seguida ao Hospital Infantil “Francisco de Assis” (HIFA) de Cachoeiro de Itapemirim.

Bebê respira com ajuda de aparelhos

A diretoria do Hospital Infantil Francisco de Assis (HIFA), de Cachoeiro de Itapemirim, informou nesta manhã (11) que a bebê está em estado grave na UTI e respira com ajuda de aparelhos.

Ainda segundo a diretoria, o tratamento de oxigenoterapia se deve ao quadro de pneumonia que a criança apresenta. O hospital confirmou a existência de lesões na boca e na região genital da vítima, mas declarou que apenas um perito pode atestar se houve estupro ou não.

De acordo com a Polícia Civil, a PM não pôde conduzir o suspeito por falta de provas, já que no momento da denúncia não havia um médico perito que pudesse definir o fato como estupro. O caso é acompanhado pelo Conselho Tutela e investigado pela PC.

loading...

Participe e comente