Morreu na tarde desta sexta (11), a bebê de 1 ano e 4 meses, moradora de Apiacá, que estava internada desde quinta em estado grave no Hospital Infantil Francisco de Assis (HIFA), em Cachoeiro de Itapemirim, em decorrência de uma suspeita de estupro. A criança estava na UTI, com pneumonia e lesões na boca e na região genital.  A assessoria do Hifa confirmou que a menina veio a óbito às 16 horas.

Segundo a Polícia Militar, mãe da pequena Thalyssa Nunes da Silva disse que a criança ficou quatro meses sob os cuidados da avó paterna, mas que apresentou problemas de saúde e então voltou a ser cuidada pela mãe. Ela disse ainda que ao trocar a fralda da filha percebeu que havia algumas marcas no órgão genital da criança, então a levou para ser examinada.

Ao ser atendida, uma profissional da área de saúde suspeitou que ela havia sido abusada sexualmente. Os médicos que atenderam a criança disseram que ela teve uma grave infecção e que é comum, em casos como este, da infecção causar lesões na região genital.

A mãe da criança registrou denúncia na PM, acusando um homem, de 58 anos, como autor do crime. Ela suspeita que a filha tenha sido abusada pelo companheiro da avó paterna da bebê.

O exame de corpo delito ainda não havia sido feito para confirmar a suspeita de estupro e o suspeito não foi detido. O corpo da criança foi encaminhado ao Serviço Médico Legal de Cachoeiro (DML) para a realização de uma autópsia. O conselho tutelar está acompanhando o caso.

loading...

Participe e comente