NICOLA PAMPLONA

RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - Tiroteios entre criminosos e a polícia interditaram a Linha Vermelha, uma das principais vias de acesso ao Rio, por duas vezes na noite deste domingo (16). Até o momento, não há notícias de feridos.

A primeira troca de tiros foi iniciada por volta das 20h, na altura do 22ª Batalhão de Polícia Militar, que fica no complexo de favelas da Maré.

A via foi fechada nos dois sentidos e as pessoas que transitavam por ali foram obrigadas a se esconder atrás dos veículos ou da mureta que separa as pistas.

Aqueles que estavam mais perto do batalhão foram levados para dentro do edifício, por razões de segurança. A via só foi liberada por volta das 21h.

Às 22h45, o Centro de Operações Rio comunicou nova interdição, devido a operação policial na região da Maré.

A Linha Vermelha é o principal acesso de ligação entre a Baixada Fluminense e o Aeroporto Internacional Tom Jobim com o centro e a zona sul da cidade.
loading...

Participe e comente