SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A russa Mariya Lasitskene foi a primeira russa a ganhar um ouro no Mundial de Atletismo de Londres. O hino do país, porém, não foi ouvido no pódio.

Lasitskene faz parte do grupo de 19 atletas russos que estão competindo sob bandeira neutra.

A equipe já havia conquistado duas medalhas de prata, com Sergei Shubenkov no 100 metros com barreiras e Daria Klishina, no salto em distância.

A Rússia foi banida de competições internacionais do esporte em 2015 pela Iaaf (Associação Internacional das Federações de Atletismo), após a publicação de um relatório da Wada (Agência Mundial Antidoping), que acusava o país de fomentar um programa estatal de doping, prática negada pelas autoridades russas.

A atleta conquistou o bi campeonato no salto em altura, com a marca de 2m03. Já com a medalha garantida, ela tentou saltar 2m08, mas errou as três tentativas.

A ucraniana Yuliia Levchencko ficou com a prata, ao saltar 2m01, e a polonesa Kamila, que atingiu 1m99, levou o bronze.

Campeã olímpica do ano passado, a espanhola Ruth Beitia, ficou na 12ª colocação, ao saltar 1m88.
loading...

Participe e comente