SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O primeiro tempo foi assustador para o torcedor do Atlético-MG. Mesmo jogando contra o lanterna do Campeonato Brasileiro, o time comandado por Roger Machado nem sequer conseguia chegar perto do gol adversário. Tanto que terminou a etapa inicial perdendo por 1 a 0. Mas o segundo tempo foi diferente e, com Robinho em campo, o Atlético-MG virou sobre o Atlético-GO e venceu por 2 a 1, com gols de Fred e Elias.

Com a vitória fora de casa, a terceira nesta edição do Brasileiro, o Atlético-MG segue bem próximo ao G6, que é a zona de classificação para a Libertadores, a um ponto de distância para o Sport, que fecha a zona de classificação à Copa Libertadores.

Já o Atlético-GO segue na lanterna, com apenas oito pontos conquistados, sete atrás da Ponte Preta, o primeiro time fora da zona de rebaixamento.

Pela diferença dos investimentos feitos por cada clube e pela posição na classificação do Campeonato Brasileiro, o Atlético-MG foi a Goiânia com o peso do favoritismo diante do Atlético-GO. Mas o que se viu na primeira parte do jogo foi o lanterna melhor em campo, dando trabalha ao goleiro Victor.

E por conta dessa superioridade, o Atlético-GO, que vinha de um bom empate fora de casa contra o São Paulo, abriu o placar com gol de Igor, aos 25min.

No segundo tempo, o time mineiro conseguiu mudar o panorama da partida, principalmente por causa da entrada de Robinho. Se contra o Santos ele saiu do banco de reservas e não fez diferença, contra o Atlético-GO funcionou.

A presença do camisa 7 melhorou consideravelmente a equipe mineira, que passou a trocar mais passes no campo de ataque. Robinho até chegou a fazer um gol, mas como fez falta na jogada, o lance foi corretamente anulado pela arbitragem.

E com isso, o Atlético-MG encontrou a virada. Primeiramente, Fred empatou ao partida aos 12min. Depois, Elias anotou o segundo gol, aos 28min, para recolocar o time de Roger Machado no caminho das vitórias.



ATLÉTICO-GO

Felipe Garcia; André Castro (Jonathan), Roger Carvalho, Gilvan, Bruno Pacheco; Marcão Silva, Igor (Luiz Fernando), Paulinho, Jorginho (Andrigo); Niltinho e Walter. T.: Doriva



ATLÉTICO-MG

Victor; Alex Silva, Gabriel, Bremer (Matheus Mancini), Leonan; Rafael Carioca, Adilson, Elias, Marlone (Robinho), Cazares (Gustavo Blanco); Fred.

T.: Roger Machado



Estádio: Olímpico, em Goiânia (GO)

Juiz: Pablo dos Santos Alves (PB)

Cartões amarelos: Paulinho e Bruno Pacheco (Atlético-GO); Bremer e Victor (Atlético-MG))

Gols: Igor (Atlético-GO), aos 24min do primeiro tempo; Fred (Atlético-MG)), aos 12min, e Elias (Atlético-MG). aos 28min do segundo tempo
loading...

Participe e comente