Espírito Santo

Consórcio vai gerir “Rede Cuidar” em 14 municípios do Sul do ES

COMPARTILHE
13

Em reunião realizada na tarde desta terça-feira (10), entre a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), prefeitos e secretários municipais, ficou definido que o Consórcio Público da Região Polo Sul (CIM Polo Sul) fará a gestão do programa “Rede Cuidar” em 14 municípios do Sul do Espírito Santo.

O programa, implantado recentemente pelo Governo do Estado na Região Norte, tem como objeto evitar o deslocamento de pacientes para a Grande Vitória em busca de prestação de serviços médicos especializados e exames.

“No Norte o programa deu super certo. Vemos as pessoas saírem super felizes depois das consultas e os prefeitos também estão satisfeitos. Guaçuí será a sede da Rede Cuidar que atenderá além do município, pacientes de Irupi, Iúna, Muniz Freire, Ibitirama, Divino de São Lourenço, Dores do Rio Preto, Alegre, Jerônimo Monteiro, Bom Jesus do Norte, Apiacá, Mimoso do Sul, São José do Calçado e Muqui. Nossa expectativa é de que entre seis e oito meses a unidade comece os atendimentos”, disse o secretário Estadual de Saúde, Ricardo Oliveira.

Publicidade

No encontro, Oliveira explicou aos prefeitos e secretários municipais que no Norte o custo do programa está saindo a R$ 5,79 anual para cada habitante. O Estado paga parcela de igual valor e também há contrapartida do Governo Federal.

Os participantes ficaram entusiasmados com a proposta e definiram CIM Polo Sul fará a gestão do programa que será operado por uma instituição terceirizada a ser contratada por chamamento público.

“Vai melhorar a reorganização do atendimento de nossos munícipes. A partir do momento que a gente centralizar os atendimentos num só local a gente vai ter uma tendência de se programar melhor e evitaremos mandar pacientes para Cachoeiro e Vitória. Teremos apenas um sentido: procurar a Rede Cuidar”, afirmou o prefeito de Mimoso do Sul e presidente do CIM Polo Sul, Angelo Guarçoni Junior o “Giló” (PMDB).

O prefeito de Muqui, Renato Pruculi (PTB), acredita que haverá economia de combustível e com gasto de manutenção da frota de veículos com a implantação da Rede Cuidar em Guaçuí. “Nossa expectativa é grande por esse programa, pois a gente anseia por melhores condições de saúde para a população. Além de economia no transporte, a gente vai ter qualidade no atendimento, pois a forma como é organizado o sistema de saúde é muito importante já que o atendimento será centralizado”.

A prefeita de Guaçuí, Vera Costa (PDT), parabenizou o grupo pela decisão de escolher o CIM Polo Sul para gerir o programa Rede Cuidar. “Se fosse preciso a gente faria a gestão desse programa, mas vi que o Consórcio dará mais força, transparência e credibilidade a esse projeto e agilizará o processo administrativo e de atendimento a população”, ressaltou.

Perfil assistencial do programa

*Atendimento a gestação de alto risco e a criança

*Oncologia diagnóstica

*Hipertensão e diabetes de alto e muito alto risco

*Ortopedia e oftalmologia eletiva

*Exames de Imagem, raio-x, ultrason e tomografia

*Biopsia

*Equipe multiprofissional com psicólogo, nutricionista, assistente social, farmacêutico, educador físico e enfermeiros

 

Fotos: Wanderson Amorim

Publicidade