Cachoeiro de Itapemirim

Pilotos que causaram acidente de avião que matou dez cachoeirenses são condenados

COMPARTILHE
37

A Justiça Federal de Mato Grosso condenou a três anos de reclusão os pilotos americanos Joseph Lepore e Jan-Paul Paladino pelo acidente do avião da Gol que deixou 154 mortos em 27 de setembro de 2006, em Peixoto de Azevedo (MT). Entre as vítimas fatais estavam dez cachoeirenses.

O grupo de Cachoeiro, que fazia parte de uma excursão de pesca, tinha o hábito de fazer este tipo de viagem em várias partes do Brasil. O dono da empresa de viagens contratada, João Leal, estava no avião e também morreu. A empresa Pantanal Turismo era de Vila Velha.

De acordo com a Justiça Federal, o processo judicial transitou em julgado em 2015 e até agora era debatido o cumprimento da sentença. Lepore e Paladino pilotavam o jato Legacy, que colidiu com o Boeing da companhia aérea. A decisão já foi informada à Polícia Federal, ao Ministério das Relações Exteriores e à Interpol.

Publicidade

A sentença é do juiz federal André Périco Ramires dos Santos. A prisão, segundo o despacho do magistrado, deve ser imediata.

Confira a lista dos cachoeirenses que faziam parte do vôo 1907

*Eugênio Carlos Lesqueves – engenheiro agrônomo aposentado, 58 anos, era casado e tinha duas filhas. Havia viajado com um grupo de 12 amigos para pescar em rios do Amazonas.

*Hélio Antônio Godoy – dono de um loja de caça e pesca, 50 anos.

*Huederfidel Viana – médico anestesista, 46. Era casado e tinha dois filhos.

*Júlio Guidi – empresário do setor de mármore e granito, 39 anos. Era casado e tinha dois filhos.

*Luiz Albano Vieira Custódio – dentista aposentado, 68 anos, era casado e tinha cinco filhos.

*Luiz Rogério Benedito Lobato – empresário da concessionária da Volkswagen, separado, três filhos. Estava no grupo de pesca do Espírito Santo que foi ao rio Madeirinha.

*Marlon Machado – secretário municipal de Serviços Urbanos de Cachoeiro do Itapemirim, 44 anos.

*Mozart Sant’Anna Junior – radiologista, 56 anos.

*Ricardo Leandro de Souza – dono da revista Sociedade Capixaba, 33.

*Ronaldo Noé – proprietário de uma ótica, 53 anos. Era casado e tinha três filhos.

Publicidade