O Instituto de Previdência do Município de Cachoeiro de Itapemirim (Ipaci), após cumprir todas as exigências estabelecidas pelo Ministério da Previdência, conseguiu o desbloqueio de R$ 864.613,26 referentes à contribuição do servidor que já trabalhou na iniciativa privada.

Com isso, esses recursos foram incorporados ao instituto, que é responsável pela gestão e pagamento de aposentadoria, pensão para dependentes, auxílio-doença, salário-maternidade e outros benefícios aos servidores efetivos da Prefeitura e da Câmara Municipal.

“A incorporação desses recursos é uma vitória para o servidor e para o instituto. Empenhamos muitos esforços para atender às muitas exigências do Ministério da Previdência, incluindo um curso de capacitação para a nossa equipe de profissionais”, destaca a presidente do Ipaci, Cleuzei Miranda.

 

Gestão dos recursos

Além de participar de cursos, a equipe responsável pela gestão dos recursos do Instituto também conta com consultoria permanente fornecida pelos bancos oficiais, para se manter atualizada sobre o mercado financeiro e identificar as formas de aplicação mais rentáveis e os melhores investimentos.

Nesta semana, os membros do Comitê Econômico, do Conselho Previdenciário do Ipaci e servidores receberam na sede do órgão o gerente-executivo da Caixa Econômica Federal, Vinícius Tonidandel, que repassou orientações e dados para análises do setor econômico nas perspectivas nacional e mundial.

 

Conselho Previdenciário

Importante instrumento de gestão democrática da previdência do servidor, o Conselho Previdenciário do Ipaci terá novos membros para atuação no biênio 2017/2019. A eleição será por votação eletrônica, entre os dias 2 e 8 de maio, e todos os servidores municipais efetivos de Cachoeiro podem participar. A apresentação de candidaturas, reservadas ao servidor efetivo, terminaram na última segunda-feira.

 

loading...

Participe e comente