Os incidentes envolvendo o jogo Baleia Azul - uma série de 50 ordens que desconhecidos dão a adolescentes por meio de redes sociais, sendo que a última exige o suicídio do participante- , estão entre os assuntos abordados durante palestra ministrada nesta semana pela Guarda Civil Municipal em Cachoeiro.

O tema foi levado à Escola Família Agrícola, no distrito de Pacotuba, pelos agentes que atuam na Ronda de Prevenção Escolar. A a bordagem geral foi a incitação direta à violência e outros crimes relacionados ao ambiente virtual.

O conteúdo destacou aos alunos a responsabilidade e as consequências das decisões tomadas pelos usuários durante e após o uso da internet. Segundo a Guarda, a preocupação principal das forças de segurança no campo da conscientização é preparar as pessoas para reconhecer tentativas de fraude e outras armadilhas.

“É também importante que seja divulgada a abrangência dos direitos de quem é lesado por crimes virtuais. Mesmo que a pessoa acabe caindo em um golpe, por exemplo, a falta de informação pode levar ao silêncio, que dificulta as ações de combate”, explica o secretário municipal de Defesa Social, Ruy Guedes.

Os alunos em Pacotuba receberam também dicas sobre o preenchimento de campo de dados online e o acesso a links apresentados durante a navegação, que podem acionar vírus e outros mecanismos de violação de privacidade e segurança.

“Ao disponibilizar muitas informações pessoais nas redes sociais, a pessoa pode se tornar mais uma vítima desses crimes”, frisa Guedes. “É importante que os pais fiquem atentos a mudanças de comportamento e observem seus filhos, conversando sempre que possível sobre os jogos que costumam acessar”.

loading...

Participe e comente