Em reunião ontem, em Brasília, o presidente Michel Temer bateu o martelo e encerrou a discussão sobre uma possível importação de café do Vietnã. A informação é do deputado federal Evair de Melo. Segundo o parlamentar, Temer disse que diante dos fatos consistentes e início da safra, não havia ambiente para prosseguir com essa agenda e o assunto importação de café Conilon estava encerrado.

“São meses de trabalho intenso para chegarmos até aqui. Pude relatar ao presidente o drama que os produtores de café estão vivendo nos últimos tempos, pela pressão irresponsável da indústria de se importar café. Construíram um leilão unilateral que não obteve sucesso, pois as indústrias se negaram a pagar até o preço atual da cotação do dia. Relatamos ao presidente que a safra já começou no Sul da Bahia e em Rondônia e está preste a começar no Espírito Santo, que é o maior produtor de Conilon do Brasil. Não há nenhum clima para se discutir a importação de café. Sempre tivemos café estocado e a safra nova está aí”, destacou o deputado Evair de Melo.

Divulgação
A informação de que a importação de café não irá acontecer foi repassada pelo deputado Evair de Melo, após agenda com presidente Temer

loading...

Participe e comente